Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Técnicas do Banco de Alimentos oferecem treinamento para cozinheiras da Casa da Sopa

Compartilhar:
17 de fev de 2022 Agricultura e Meio Ambiente
Imagem Técnicas do Banco de Alimentos oferecem treinamento para cozinheiras da Casa da Sopa
Técnicas do Banco de Alimentos oferecem treinamento para cozinheiras da Casa da Sopa

O Banco de Alimentos de Umuarama, divisão de segurança alimentar nutricional da Secretaria Municipal de Agricultura, destacou sua equipe técnica para uma capacitação com as cozinheiras da Casa da Sopa Dr. Leopoldino, que serve ao menos 120 refeições diárias a pessoas em vulnerabilidade e risco social. As profissionais foram treinadas sobre práticas de alimentação saudável e a importância das boas práticas e higiene dos alimentos.

Em sua palestra, a nutricionista Huana Godoi falou da importância de garantir uma alimentação segura a todos os cidadãos. “A limpeza e o processo de fabricação dos alimentos é de suma importância para que se possam conservar seus nutrientes e, principalmente, para garantir às pessoas uma alimentação saudável e uma saúde de qualidade”, observou.

Durante a palestra foram destacadas informações sobre segurança dos alimentos, noções de microbiologia, cuidados na recepção, armazenamento, preparo, higiene pessoal e ambiental, normas de condutas e segurança no trabalho e saúde do trabalhador no contexto da Vigilância em Saúde.

Já a tecnóloga em Alimentos, Tamara Cassemiro, ensinou a técnica de branqueamento de alimentos, que permite um armazenamento por um período superior, conservando nutrientes e evitando o desperdício. “São informações e técnicas que seguramente vão ser muito úteis para todos os profissionais que trabalham aqui na Casa da Sopa”, comentou.

A assistente social Isabela Simões, voluntária atuante na Casa da Sopa Dr. Leopoldino, detalha que a instituição foi criada em 1977 e que não é só um lugar onde as pessoas passam para almoçar. “Nós sempre tivemos um olhar de inspiração para atender à população. Oferecemos muito mais que comida. São 130 almoços e 70 cafés da manhã por dia, distribuímos cestas básicas, oferecemos serviços de convivência e fortalecimento de vínculos, entregamos vestuários e utensílios, realizamos bazares e almoços promocionais e ainda fazemos visitas domiciliares, tudo com muito amor e respeito”, conta.

Finalmente Huana acrescentou que mais capacitações serão oferecidas a outras entidades assistenciais de Umuarama. “Estamos preparando um cronograma e vamos incluir todas as entidades cadastradas que manifestarem interesse em participar deste treinamento”, indica a nutricionista.

 

 

Visualizar imagens Flickr

Vídeos relacionados

Veja mais