Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Semana do Trânsito tem blitz educativa para conscientizar motoristas

Compartilhar:
21 de set de 2021 Umutrans
Imagem Semana do Trânsito tem blitz educativa para conscientizar motoristas
Semana do Trânsito tem blitz educativa para conscientizar motoristas

Além da conscientização dos motoristas – por meio das redes sociais e com o apoio da imprensa –, a Semana Nacional do Trânsito também terá blitze educativas em Umuarama, reunindo os órgãos de fiscalização e controle. A primeira operação aconteceu na manhã desta terça-feira, 21, na Avenida Parigot de Souza, com a participação da Diretoria de Trânsito de Umuarama (Umutrans), da Guarda Municipal, da Polícia Militar e do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

A campanha se estende de 18 a 25 de setembro, orientando motoristas e pedestres com a reflexão sobre o tema “No trânsito, sua responsabilidade salva vidas”. O respeito à vida é o ponto central, de acordo com a diretora da Umutrans, Dianês Piffer. “A blitz de hoje teve caráter educativo, conscientizando os motoristas sobre o respeito à vida e a convivência segura no trânsito, entre motos e demais veículos. Porém algumas infrações foram flagradas e os motoristas autuados”, informou.

Determinada pelo Código de Trânsito Brasileiro, a semana tem um foco específico a cada ano e em 2021 os motociclistas terão atenção especial, pois representam a maior parcela no número de vítimas de acidentes automobilísticos, tanto com ferimentos quanto óbitos – são quase 24 mil motos registradas apenas em Umuarama, cerca de 27% de toda a frota. “Devemos buscar sempre uma convivência pacífica entre motoristas, pedestres, ciclistas e motociclistas, com respeito e empatia”, destacou Dianês, assegurando que essa mudança de atitude resultará em redução no número de acidentes.

A Prefeitura investe constantemente para dar mais segurança ao trânsito. Foram instalados dispositivos eletrônicos educativos para orientação sobre a velocidade correta em vias de grande movimento (os ‘anjinhos’), melhorias na sinalização, aumento e modernização do parque semafórico bem como das câmeras de avanço de sinal vermelho e parada na faixa de pedestre, além da readequação de canteiros, conservação das vias públicas e campanhas educativas, palestras em empresas e escolas e orientações aos motoristas.

Porém os acidentes continuam. “Além de vítimas, o trânsito deixa prejuízos materiais e destruição. A maioria dos acidentes ocorre em vias bem sinalizadas e em boas condições. O poder público faz a sua parte, mas o condutor precisa respeitar os limites e dirigir com atenção. Celular e excesso de velocidade são as maiores causas de acidentes”, completa Dianês.

Visualizar imagens Flickr