Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Agentes de trânsito apreendem motocicleta com R$ 19 mil em débitos

Compartilhar:
17 de nov de 2022 Umutrans
Imagem Agentes de trânsito apreendem motocicleta com R$ 19 mil em débitos
Agentes de trânsito apreendem motocicleta com R$ 19 mil em débitos

Uma motocicleta com quase R$ 19.000 em multas e débitos foi retirada de circulação pelos agentes de trânsito do município e recolhida ao pátio do 25º Batalhão da Polícia Militar (BPM), na manhã da última quarta-feira, 16, em Umuarama. A moto – que tem placa de Cruzeiro do Oeste – já era bem conhecida da fiscalização de trânsito por ter sido flagrada pelas câmeras dos semáforos avançando diversas vezes o sinal vermelho.

A diretora de Trânsito do município, Dianês Maria Piffer, informou que a abordagem e a apreensão da motocicleta ocorreram sem perseguição. “Foi um trabalho conjunto, que envolveu duas equipes de agentes de trânsito e uma rápida troca de informações com a central de operações na Guarda Municipal, que opera as câmeras de monitoramento do tráfego. O pessoal está de parabéns”, elogiou.

Segundo ela, são cerca de R$ 17.000 referentes avanços de sinal vermelho e devido ao condutor não possuir carteira de habilitação nem autorização para condução de motocicleta. Importante destacar que além da questão dos débitos, que somam mais de cinco vezes o valor da moto e por si só justificam a apreensão, a ação retirou das ruas da cidade um veículo cujo condutor desrespeitava constantemente as normas de trânsito, colocando em risco a sua própria vida e a de terceiros.

O artigo 208 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) define que avançar o sinal vermelho é uma infração de natureza gravíssima, que gera multa de R$ 293,47 e sete pontos na carteira de habilitação.

‘Furar’ sinal vermelho é uma infração das mais graves e perigosas, ainda mais quando praticada por motociclistas, que são a maioria das vítimas do trânsito em Umuarama e também os que acabam feridos com maior gravidade.

“As multas de avanço de sinal, atribuídas à moto apreendida, são apenas as registradas nos semáforos equipados com câmeras. Image nos demais. Furar sinal é um risco muito grande que o condutor assume não apenas para si, mas também para os outros motoristas e pedestres”, completou a diretora de Trânsito, Dianês Piffer.