Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Com controle de geração e destinação de resíduos, Pátio da Prefeitura conquista licença ambiental

Compartilhar:
21 de dez de 2021 Serviços Públicos
Imagem Com controle de geração e destinação de resíduos, Pátio da Prefeitura conquista licença ambiental
Com controle de geração e destinação de resíduos, Pátio da Prefeitura conquista licença ambiental

Foram dois anos de muito trabalho junto ao Pátio de Máquinas da Prefeitura de Umuarama até a conquista da Licença de Operação de Regularização, certificação concedida pelo Instituto Água e Terra (IAT) que autoriza a operação propriamente dita do empreendimento e atividade. O Plano de Controle Ambiental (PCA) foi desenvolvido e realizado pela empresa umuaramense Ambiente-se Consultoria e Projetos.

De acordo com o engenheiro ambiental Carlos Henrique Oliva Grudzin Braga, o PCA analisou as características de geração de resíduos do empreendimento, para implantação do devido licenciamento ambiental. “O plano contém a caracterização dos resíduos a serem gerados no decorrer das atividades e contempla a estimativa de geração, por classe, descrição dos procedimentos para triagem, acondicionamento e destinação final”, conta.

O estudo indica para que sejam obedecidas as normativas legais contantes na legislação federal, estadual e municipal. “Todos os setores tiveram acompanhamento dos profissionais da Ambiente-se: guarita, administração, refeitório, funilaria, borracharia, mecânica de veículos leves e pesados, mecânica elétrica, ferramentaria, almoxarifado, tornearia, caldearia, marcenaria, divisão de obras, viveiro, posto de abastecimento, lubrificador e pista de lavagem. E todos eles estão rigorosamente dentro da lei”, resumiu o secretário municipal de Serviços Públicos, João Paulo Santos.

 

A área total do Pátio da Prefeitura é de 36.660,76 m² e 11.436,46 m² estão localizados dentro da APA (Área de Proteção Ambiental) do Rio Piava, cuja bacia é responsável pelo abastecimento de água de Umuarama. “Para operação das atividades desenvolvidas ali, foram implantados vários sistemas para garantir todos os cuidados para a preservação do meio ambiente, como reúso dos efluentes gerados, manutenção atualizada de um Plano de Gerenciamento de Riscos, sistema de monitoramento dos tanques e sumps de bombas e filtros, entre muitos outros rigorosos controles. Tudo isso garante a segurança da atividade e o maior reconhecimento é a conquista dessa Licença Ambiental, exigida pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), comentou o secretário municipal de Serviços Rodoviários, Osvaldo Borborema Sarto.