Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Umuarama recebe Selo Prata do Ministério da Saúde por eliminação da sífilis congênita

Compartilhar:
10 de nov de 2022 Saúde
Imagem Umuarama recebe Selo Prata do Ministério da Saúde por eliminação da sífilis congênita
Umuarama recebe Selo Prata do Ministério da Saúde por eliminação da sífilis congênita

A Secretaria Municipal de Saúde acaba de ser comunicada que Umuarama é uma das únicas cidades do Brasil a conquistar o Selo Prata de Boas Práticas Rumo à Eliminação da Sífilis Congênita. A certificação foi anunciada por ofício ao secretário Herison Cleik da Silva Lima nesta quarta-feira (9), que deve ir a Brasília (DF) junto do prefeito Hermes Pimentel no dia 7 de dezembro, quando será entregue a honraria.

O Selo Prata foi confirmado após longo processo de avaliação realizado pela Comissão Nacional de Validação (CNV), do Departamento de Doenças de Condições Crônicas (DCCI) do Ministério da Saúde. “Os técnicos analisaram as iniciativas da Secretaria Municipal de Saúde no fortalecimento de ações de prevenção, diagnóstico, assistência e tratamento das gestantes e crianças. Agora, já certificado, o município deve dar continuidade às intervenções preventivas e terapêuticas para manter as metas estabelecidas do Guia para Eliminação da Transmissão Vertical do HIV e/ou Sífilis”, afirmou Lilian Nobre de Moura, médica que atua com DST/Aids em São Paulo e compõe a CNV.

O secretário de Saúde afirmou que toda a equipe está muito orgulhosa e satisfeita com mais esta importante certificação. “Já conquistamos a certificação – e a recertificação – no que diz respeito à transmissão vertical do HIV e agora vamos acrescentar a sífilis, graças a um trabalho feito com muita dedicação por todos os profissionais que compõem a Rede de Proteção”, observou.

Ele indica que, a partir de agora, o município será monitorado em seus indicadores técnicos em alguns eixos exigidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), como serviços (assistência básica, maternidades, média e alta complexidade), vigilância em saúde (produção de dados em saúde, controle epidemiológico dos agravos) e a participação social (ouvidoria e conselhos). “A responsabilidade de todos os profissionais só aumenta, mas quem ganha em qualidade na prestação dos serviços é a população, que recebe um trabalho de proteção às mães e às crianças”, pontua.

O prefeito Hermes Pimentel elogiou o esforço de todos os profissionais envolvidos nesse processo rigoroso que o Ministério da Saúde tem para conceder o Selo Prata. “Quero parabenizar a todos que compõem a Secretaria de Saúde, à Maria de Lourdes Gianini (Lurdinha) do Ambulatório de Infectologia, a Vigilância em Saúde, a Atenção Primária, a Vigilância Epidemiológica, o Laboratório, o Programa de Infecções Sexualmente Transmissíveis, a Rede Mãe Paranaense, a Maternidade Municipal, a Assistência Farmacêutica e o Pronto Atendimento Municipal, além da presidente do Conselho Municipal de Saúde, Angela Biazon, e a diretora da 12ª Regional de Saúde, Viviane Herrera Ufemea: a dedicação de cada um coloca nossa cidade mais uma vez em destaque no Brasil”, afirmou.