Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Sábado é o Dia D da campanha Novembro Vermelho para identificação do câncer de boca

Compartilhar:
16 de nov de 2022 Saúde
Imagem Sábado é o Dia D da campanha Novembro Vermelho para identificação do câncer de boca
Sábado é o Dia D da campanha Novembro Vermelho para identificação do câncer de boca

Quase mil pessoas por ano têm diagnóstico positivo para câncer de boca, segundo levantamento do Inca (Instituto Nacional do Câncer). Em Umuarama, as unidades de saúde Panorama, Bem-Estar, Vitória Régia, Central e Serra dos Dourados terão atividades especiais em alusão ao Novembro Vermelho, oferecendo exames para diagnóstico precoce da doença. O Dia D será das 8h às 11h30 do próximo sábado (19).

A campanha Novembro Vermelho foi instituída pela Lei Estadual nº 19.868/2019 para alertar a população para a importância da prevenção e do combate ao câncer de boca. “O câncer de boca é um tumor maligno que afeta os lábios e a cavidade oral e está entre os mais incidentes no Brasil. A doença pode ser prevenida de maneira simples e tratada se diagnosticada precocemente”, observa o secretário municipal de Saúde, Herison Cleik da Silva Lima.

A diretoria de Atenção Primária em Saúde (APS), Jaqueline de Bortolli Shiribayashi, indica que os maiores fatores de risco para o desenvolvimento do câncer de boca são o tabagismo e o consumo de álcool. “Os principais sintomas são lesões que não cicatrizam por mais de 15 dias, manchas vermelhas ou esbranquiçadas na língua, gengivas, céu da boca e bochechas, nódulos no pescoço e rouquidão permanente. Em casos mais avançados, a doença pode dificultar a fala, mastigação, deglutição, a movimentação da língua, e dar sensação de que há algo preso na garganta”, detalha.

Para diagnosticar o câncer de boca é preciso fazer um exame clínico, que pode ser realizado por um dentista durante as consultas odontológicas de rotina, sendo possível detectar lesões suspeitas e diagnosticar a doença no início. “Desta forma, convidamos toda a população para que compareça a essas unidades de saúde para uma avaliação, que é rápida e indolor”, explica Jaqueline, acrescentando que não é necessário agendamento.