Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Pacientes têm a vida transformada com o Programa Municipal de Órteses e Próteses

Compartilhar:
8 de ago de 2022 Saúde
Imagem Pacientes têm a vida transformada com o Programa Municipal de Órteses e Próteses
Pacientes têm a vida transformada com o Programa Municipal de Órteses e Próteses

O Programa Municipal de Órteses e Próteses atende a aproximadamente 80 pacientes por mês, entre crianças, adultos e idosos pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde) que são beneficiados com calçados ortopédicos, andadores, bengalas, cadeiras de rodas, cadeiras de banho, coletes, palmilhas, próteses mamárias e ortopédicas, entre outros. Todo trabalho é realizado pela Secretaria Municipal de Saúde por meio da Divisão de Assistência em Saúde.

O secretário municipal de Saúde, Herison Cleik da Silva Lima, destaca que os pacientes precisam de indicação e prescrição de médicos especialistas (como neurologistas e ortopedistas) e fisioterapeutas para serem beneficiados pelo programa. “O objetivo do Programa Municipal de Órteses e Próteses é a reabilitação do paciente, facilitando acessos, proporcionando autonomia e, como consequência, melhorando sua qualidade de vida”, detalha.

Caroline Oliveira Bagli, coordenadora da Divisão de Assistência em Saúde, explica que órteses são aparelhos de uso provisório que permitem alinhar, corrigir ou regular uma parte do corpo. “Auxiliam nas funções de um membro, órgão ou tecido para evitar deformidade e compensar insuficiências funcionais que foram causadas por acidentes ou problemas de saúde, por exemplo bengalas, muletas, colares cervicais, andadores, coletes, aparelhos auditivos, lentes de contato, aparelhos ortodônticos, palmilhas ortopédicas, joelheiras e munhequeiras”, relata.

Já as próteses ortopédicas são aparelhos que desempenham funções motoras semelhantes às dos membros amputados. “São peças artificiais usadas como substitutas de membros, órgãos, tecidos e articulações do corpo que tiveram que ser amputadas ou não funcionam como deveriam”, diferencia a assistente social.

Ela ressalta que todos os encaminhamentos de médicos e de profissionais de fisioterapia passam por regulação, ou seja, a partir da identificação da necessidade desse usuário, são definidos o local e a melhor data para que os profissionais que atendem o Programa Municipal de Órteses e Próteses promovam a utilização adequada do serviço. “Contamos com a parceria e a supervisão da fisioterapeuta Alline Marcondes Grejanin, que realiza um trabalho minucioso no processo de adaptação dessas próteses”, observa.

O secretário de Saúde faz questão de frisar que o Programa Municipal de Órteses e Próteses é responsável pela transformação da vida dos pacientes. “Muitas pessoas passam por grandes traumas. E seguramente com o apoio que recebem das equipes multiprofissionais que atuam na Saúde, conseguem reconstruir suas vidas de uma forma digna, recomeçando e vivendo de forma normal”, pontua.

 

 

 

Visualizar imagens Flickr