Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Procon alerta consumidores sobre cuidados com as compras de final de ano

Compartilhar:
20 de dez de 2021 Procon
Imagem Procon alerta consumidores sobre cuidados com as compras de final de ano
Procon alerta consumidores sobre cuidados com as compras de final de ano

A pandemia de coronavírus fez com que o Natal de 2020 fosse atípico, sem uma grande corrida dos consumidores para comprar presentes. Porém este ano, com a maioria da população vacinada e tomando os devidos cuidados, o comércio volta a sentir a força da melhor época do ano para as vendas. A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon de Umuarama) alerta, no entanto, que outros cuidados devem ser tomados para que os consumidores não tenham dores de cabeça.

O secretário Deybson Bitencourt chama a atenção para que as pessoas não façam compras por impulso e sempre pedir nota fiscal. “É um fenômeno normal chegarmos a essa época do ano sentindo essa espécie de necessidade de comprar, de consumir, de presentear. A magia do Natal e do final de ano é estimulada ainda mais com a chegada do 13º salário, porém, comprar um produto fora da realidade financeira pode gerar grandes transtornos para a família inteira”, orienta.

O advogado lembra que a primeira orientação é para que sempre a pessoa reflita um pouco, que faça a conta e aja com cautela. “Muitas vezes esse impulso grande de comprar algo passa em algumas horas. Depois, com mais calma, vale a pena comprar, porém, sempre com cautela, dentro do orçamento”, afirma, lembrando que o Ano Novo chega com as despesas extras de IPTU, IPVA, matrículas e materiais escolares, entre outros gastos adicionais.

A questão da pesquisa de preço é outro ponto fundamental segundo o secretário. “É preciso gastar um pouco mais de tempo na hora de escolher um produto, ir a vários pontos de venda, analisar se realmente aquela promoção vale a pena, se não está apenas tentando iludir o consumidor. Muitas liquidações são apenas as já famosas ‘metade do dobro’, ou seja, não há um real desconto”, indica.

Só comprar em lojas que forneçam informações claras sobre os produtos e formas de pagamento também é outra orientação do representante do Procon local. “Há empresas que cobram taxas altíssimas quando o consumidor paga com cartão, mesmo que ele seja de débito. A Lei 13.455 permite a diferenciação de preços, porém é preciso que as condições de pagamento e o desconto sejam apresentadas de forma clara, precisa e ostensiva, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor”, ressalta.


 

PELA INTERNET

Bitencourt alerta ainda que é preciso muito mais cuidado ainda quando se decide comprar pela internet, já que é um campo que ainda oferece grandes riscos aos consumidores. “A questão da segurança digital ainda é nova no Brasil e necessita de ajustes, que estão sendo feitos paulatinamente. Porém, é possível tomar certos cuidados para não ser enganado, como verificar se o site divulga claramente as informações relativas ao fornecedor, como razão social, CNPJ e endereço físico, além de dados para contato. Pesquise sobre o site, veja se há reclamações na internet, participe de fóruns e prefira sites ‘seguros’, que são aqueles iniciados por https://, na barra de endereços do navegador”, instrui.

Ele assinala que o Procon de Umuarama tem equipes especializadas para orientações e recebimentos de denúncias. “Neste final de ano vamos atender até o dia 22 de dezembro, das 9h às 16h, porém, conforme o Decreto Municipal n° 275/2021, não haverá expediente entre os dias 23/12/2021 e 05/01/2022. Nesse período, reclamações podem ser formalizadas no site www.consumidor.gov.br”, finaliza.