Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Preço do leite foi o que mais subiu e do tomate o que mais baixou, informa pesquisa

Compartilhar:
7 de jul de 2022 Procon
Imagem Preço do leite foi o que mais subiu e do tomate o que mais baixou, informa pesquisa
Preço do leite foi o que mais subiu e do tomate o que mais baixou, informa pesquisa

O preço da cesta básica teve uma redução de 1,5% em comparação entre julho e junho de 2022, conforme demonstra pesquisa realizada pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon Umuarama divulgada na tarde desta quinta-feira (7). O produto que teve maior alta no último mês foi o leite (29%) integral e o que registrou a maior queda foi o tomate (-37%).

Outras maiores altas (além do leite) foram o queijo mussarela (22%), a banana (21%), o papel higiênico (18%) e a salsicha (16%). Já os produtos que registraram maior queda nos preços (além do tomate) foram a batata (-31%), a cebola (-22%), o sabão em pó (-19%) e o sabonete (-12%). “Vale destacar que são feitas duas pesquisas da cesta básica todos os meses: uma com os produtos de marcas mais baratas e outra com as marcas líderes de mercado. Nesta avaliação estamos considerando a com os produtos mais populares”, registra Deybson Bitencourt, secretário do Procon Umuarama.

Ele chama a atenção para a diferença de preços encontrada entre produtos de marcas similares, que ultrapassa 140% entre um supermercado e outro. “É o caso do absorvente higiênico aderente, encontrado tanto a R$ 1,99 quanto a R$ 4,78 – uma diferença de 140,2%. Em segundo lugar vem a salsicha, que tanto pode custar R$ 7,99 em um estabelecimento e R$ 17,60 em outro – uma diferença de 120,3%. Por isso sempre repetimos: para quem busca economizar, é fundamental pesquisar antes de comprar”, aponta o advogado.

Outros produtos que têm grande diferença de preços entre um mercado e outro foram a cebola, que custa entre R$ 2,98 e R$ 6,19 (ou seja, uma diferença de 107,7%), o tomate, encontrado a R$ 3,39 e a R$ 6,99 (diferença de 106,2%) e o sabonete, que pode custar R$ 1,09 em um lugar e R$ 2,19 em outro (diferença de 101%). “A cesta básica com produtos mais em conta custava R$ 820,94 em junho e agora custa R$ 808,65 – uma queda de 1,5%. Já a cesta básica com marcas líderes custava R$ 1.063,95 no mês passado e agora custa R$ 1.041,18, uma redução de 2,14%)”, comenta Bitencourt.

Ele acrescenta que as pesquisas das cestas básicas foram feitas entre os dias 5 e 6 de julho, em seis supermercados de Umuarama, levando em conta 34 itens, sendo 25 gerais, quatro produtos de limpeza e cinco produtos de higiene, baseado em uma família de quatro pessoas.

 


GÁS DE COZINHA

O Procon Umuarama também divulgou nesta quinta-feira (7) uma pesquisa referente aos preços praticados em 15 revendedoras de gás liquefeito de petróleo (GLP), o popular gás de cozinha. O botijão padrão, com 13 quilos, mais barato é encontrado a R$ 110 e o mais caro a R$ 120, uma diferença de 9,1% – o que revela um preço médio de R$ 118. “Informamos ainda que o Procon Umuarama atende de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, sem intervalo para almoço, na avenida Presidente Castelo Branco n° 3871. O consumidor pode também entrar em contato pelo telefone (44) 3621-5600 ou enviar e-mail para procon@umuarama.pr.gov.br”, finaliza Bitencourt.

 


 

Pesquisa de Preços – Cesta Básica – Produtos mais populares – Clique aqui.

 

Pesquisa de Preços – Cesta Básica – Marcas líderes – Clique aqui.


Pesquisa de Preços – Gás de Cozinha – Clique aqui.


 

 

Visualizar imagens Flickr