Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Reconstrução da Sala Aré completa a revitalização do Bosque dos Xetá

Compartilhar:
17 de dez de 2021 Obras, Planejamento Urbano e Projetos Técnicos
Imagem Reconstrução da Sala Aré completa a revitalização do Bosque dos Xetá
Reconstrução da Sala Aré completa a revitalização do Bosque dos Xetá

A Sala Aré, um espaço utilizado por muitos anos para atividades de educação ambiental na entrada do Bosque dos Xetá, na Avenida Presidente Castelo Branco (centro), será reconstruída pela Prefeitura de Umuarama. O projeto já foi licitado e nesta semana o secretário municipal de Obras, Planejamento Urbano, Projetos Técnicos e Habitação, Isamu Oshima, emitiu a ordem de serviço para o início da obra, a ser executada pela Construtora Trigama.

O início do trabalho está previsto para 6 de janeiro e o prazo de execução é de seis meses. Os serviços incluem demolição da estrutura atual, regularização do terreno, construção de banheiros em alvenaria com piso e revestimento em porcelanato, janelas de alumínio e laje em concreto, estrutura em madeira de eucalipto tratado e envernizado e cobertura em telha cerâmica tipo portuguesa, além de novas instalações elétricas e sanitárias, ajardinamento com grama e flores e calçadas para passeio em concreto.

O prefeito em exercício, Hermes Pimentel, apontou como vantagem do projeto a cobertura em telhas cerâmicas. Para ele a Sala Aré foi pouco aproveitada ao longo de sua história e um dos motivos foram os problemas com a cobertura em sape, que se deteriorava rapidamente. “Agora teremos uma estrutura mais resistente, um pátio coberto que vai valorizar o bosque e oferecer alguma infraestrutura aos visitantes”, apontou.

O investimento do município será de R$ 222.476,83 para uma edificação de 181,45 m². A reconstrução finaliza o projeto de revitalização do Bosque dos Xetá, executado pela administração municipal nos últimos anos, que contou com a implantação de um canal aberto de drenagem pluvial para eliminar o problema da erosão no interior da mata e construção de nova pista de caminhada com iluminação.

Além disso foi implantado cercamento em tela das margens da mata (partes voltadas à Rua do Bosque e avenidas Parigot de Souza e Castelo Branco), reforço das galerias pluviais e bocas de logo, para eliminar alagamentos, iluminação em LED e recapeamento asfáltico da Castelo Branco, com troca do gramado e rampas de acessibilidade.