Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Com reconstrução da Sala Aré, revitalização do Bosque Xetá entra em fase final

Compartilhar:
11 de jan de 2022 Obras, Planejamento Urbano e Projetos Técnicos
Imagem Com reconstrução da Sala Aré, revitalização do Bosque Xetá entra em fase final
Com reconstrução da Sala Aré, revitalização do Bosque Xetá entra em fase final

A Construtora Trigama demoliu a Sala Aré, no Bosque dos Xetá. O espaço, utilizado por muitos anos para atividades de educação ambiental, será totalmente renovado, dentro de um projeto da Secretaria Municipal de Obras, Planejamento Urbano, Projetos Técnicos e Habitação que deve durar seis meses e será responsável por modernizar e valorizar um dos principais cartões-postais de Umuarama.

De acordo com o secretário Isamu Ishima, além de demolição total, os serviços incluem regularização do terreno, construção de banheiros em alvenaria com piso e revestimento em porcelanato, janelas de alumínio e laje em concreto, estrutura em madeira de eucalipto tratado e envernizado e cobertura em telha cerâmica tipo portuguesa, além de novas instalações elétricas e sanitárias, ajardinamento com grama e flores e calçadas para passeio em concreto.

O projeto original da Sala Aré contemplava cobertura de sapé, remetendo a uma oca xetá. Com o passar dos anos, a proposta arquitetônica, apesar de criativa, mostrou-se desfavorável. “O sapé deteriorava muito rápido, por isso, nesta nossa proposta, vamos colocar telhas cerâmicas, que são uma cobertura resistente que vai atingir todo o pátio ao redor, oferecendo mais conforto aos visitantes”, relatou o prefeito interino Hermes Pimentel.

A edificação terá 181,45 m² e o investimento do município será de R$ 222.476,83. “A reconstrução vai finalizar o projeto de revitalização do Bosque dos Xetá, executado pela administração municipal nos últimos anos, que contou com a implantação de um canal aberto de drenagem pluvial para eliminar o problema da erosão no interior da mata e construção de nova pista de caminhada com iluminação”, complementa Oshima.