Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Após quase 12 anos de obras, conclusão do Centro de Eventos ainda não tem data

Compartilhar:
3 de dez de 2021 Obras, Planejamento Urbano e Projetos Técnicos
Imagem Após quase 12 anos de obras, conclusão do Centro de Eventos ainda não tem data
Após quase 12 anos de obras, conclusão do Centro de Eventos ainda não tem data

Uma das obras mais antigas em andamento, em Umuarama, é, sem dúvida, o Centro de Eventos. De importância inquestionável para o desenvolvimento do turismo de negócios, o comércio e a indústria, além de poder abrigar grandes eventos, shows e exposições diversas, atraindo a atenção de outras regiões e Estados para Umuarama, o centro enfrentou uma série de problemas desde o início da construção, que se arrasta por quase 12 anos.

O Centro de Eventos tem 6.125m² de área coberta, 8 mil m² de estacionamento e 1.500 m² de jardins. A Prefeitura iniciou em janeiro de 2010 – na primeira gestão do prefeito Moacir Silva – a terraplanagem para a primeira etapa (construção do barracão de 3.500 m², sanitários, guaritas de entrada de serviço e estacionamento) em área do município ao lado do Parque de Exposições Dario Pimenta Nóbrega, na PR 323, com o investimento inicial de R$ 4,3 milhões (R$ 3,9 milhões do Ministério do Turismo e R$ 433,3 mil como contrapartida), perfazendo 3.898,973 m² de obras.

A previsão inicial de investimento do Ministério do Turismo era de R$ 10,5 milhões, resultado de emendas parlamentares. A escolha do local levou em conta o acesso facilitado, espaço para carga e descarga de grandes estruturas e área para estacionamento de mais de 220 veículos. Conforme projeto do arquiteto José Carlos Spagnuolo, que incluía até um heliponto, o local poderá receber até 10.500 pessoas em pé. A ordem de serviço 005/2010 autorizou o início da obra em 17/02/2010.

Concluída a primeira etapa, em março de 2012 foi licitada a etapa seguinte com mais R$ 1,1 milhão investidos em obras estruturais (drenagem pluvial, pavimentação, rede elétrica e de iluminação, rampa de acesso, pavimentos especiais e fechamentos). Havia estimativa de que seriam necessários mais R$ 5 milhões para a conclusão, em 2013 foi iniciada a construção do foyer, licitada em R$ 1.596.349,71, com grandes estruturas metálicas e paredes envidraçadas.

Na época, a previsão de conclusão foi esticada para 2014. No final daquele ano, técnicos do Ministério do Turismo realizaram vistoria na construção e foram informados sobre os atrasos nos repasses de recursos federais, que atrasavam os serviços. Já havia sido iniciada a construção do anfiteatro, com mais R$ 2,5 milhões aplicados em obras.

A última etapa seria o fechamento do foyer (hall de entrada), com a colocação dos vidros, piso e forração, além dos equipamentos – como sistema de ar-condicionado e mobília, além dos equipamentos de áudio e vídeo para o anfiteatro. Em 2015, o então prefeito Moacir Silva decidiu dar o nome de Alexandre Ceranto ao Centro de Eventos, homenageando um dos políticos mais conhecidos de Umuarama, que foi prefeito e deputado estadual.

Naquele ano foram adquiridos ainda equipamentos de escritório, móveis, câmeras e sistema de monitoramento, iluminação e sonorização, fogões e demais equipamentos de cozinha e os investimentos atingiram R$ 9 milhões 941 mil, desde o início da obra. Mas a conclusão não aconteceu naquela gestão. Em 2016 chegou-se a pensar em inauguração, mas o atraso superou a intenção enquanto a obra já ultrapassava os R$ 10 milhões investidos.

O prefeito afastado Celso Pozzobom contratou, em 2018, uma empresa para execução da 4ª etapa, que prevê as obras finais, pelo valor aproximado de R$ 1 milhão e em 30 de outubro daquele ano, chegou a ser estimado prazo de 90 a 120 dias para a esperada conclusão.

O atraso no repasse, dificuldades com empreiteiras e readequações de projeto se somaram a mais um problema – o falecimento do dono da última empresa contratada, que causou mais atraso e por fim o rompimento do contrato, inclusive com a aplicação de pesada multa (mais de R$ 200 mil). A etapa final previa finalização do foyer com piso, forro, climatização, iluminação especial e balcão para recepção, além de um depósito de materiais e equipamentos.

Em 2020 o Centro de Eventos ganhou revestimento de todo o calçamento externo em pedra luminária, dentro da última etapa. Neste ano, a construção chegou aos R$ 11 milhões investidos e foi necessária a atualização do sistema de prevenção de incêndios devido a mudanças recentes na legislação.

A obra está em um rol de processos administrativos abertos pelo município para apurar irregularidades na execução dos contratos de obras e também pode ser avaliada pelos Tribunais de Contas do Estado (TCE-PR) e da União (TCU), em ação que visa destravar obras que receberam recursos federais e encontram-se paralisadas ou com grande atraso.

O prefeito em exercício Hermes Pimentel visitou o local há algumas semanas e solicitou um estudo detalhado da Diretoria de Projetos Técnicos sobre os serviços restantes para a conclusão e as reformas necessárias para recuperar a parte antiga, já deteriorada pelo tempo apesar de não ter sido usada.

“Queremos saber quanto vai custar para terminar essa grande obra e entregá-la para utilização. Sei que não é pouco dinheiro – fala-se em R$ 2 milhões, aproximadamente –, mas não podemos esperar mais, nem perder a grande soma que já foi investida. Umuarama precisa desse espaço, que será de grande utilidade e deve trazer eventos e atrações de grande porte para nossa cidade”, disse o prefeito. “Estamos trabalhando para eliminar os problemas, encontrar soluções e finalizar a obra o quanto antes”, encerrou.

Visualizar imagens Flickr