Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Sistema regional reúne agentes para articular a criação de ambientes de inovação

Compartilhar:
26 de mai de 2022 Indústria, Comércio e Turismo
Imagem Sistema regional reúne agentes para articular a criação de ambientes de inovação
Sistema regional reúne agentes para articular a criação de ambientes de inovação

Uma atualização sobre temas ligados à inovação em Umuarama e a elaboração de um plano de ação para o período 2022/2023 foram alguns dos assuntos discutidos durante reunião do Sistema Regional de Inovação (SRI) realizada na última quarta-feira, 25, na UniAlfa Faculdade, com presentantes de instituições de ensino superior, da associação comercial e industrial e da administração municipal, além do Sebrae – o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas.

A Prefeitura foi representada pela equipe da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio, liderada pelo secretário Marcelo Adriano Lopes da Silva. “O sistema é um ambiente estratégico que proporciona conexões e alimenta a competitividade regional por meio da inovação”, explicou, informando que o grupo também discutiu a proposição de uma lei municipal para incentivo às empresas de tecnologia, dentro da Lei 4.430/2022, que instituiu a Política Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação.

O consultor do Sebrae, Adriano Pereira, acrescentou que o SRI contribui para organizar e implementar ações, palestras, consultorias, missões técnicas, estratégias de aproximação entre empresas e ambientes universitários e planejamento de habitat de inovação, utilizando espaços como, por exemplo, a Praça Santos Dumont, incubadoras de empresas inovadoras e o Parque Tecnológico que está em fase de criação, em Umuarama.

As principais características do SRI são a proximidade e a intensidade da interação entre os agentes. O termo ‘regional’ se justifica pela associação de cidade, estado, universidades e aglomerações empresariais, entre outros parceiros, num mesmo ambiente de ideias. “Essa proximidade dos atores numa determinada região cria condições que facilitam a troca de conhecimentos”, lembra Marcelo Adriano.

Essas condições aceleram também processos de aprendizagem e permitem que os agentes respondam, de forma rápida, às mudanças que ocorrem a todo momento no ambiente competitivo no qual estão inseridos. Além dos já citados, a reunião do SRI contou com representantes da UniAlfa, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Universidade Paranaense (Unipar) e Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Umuarama (Aciu).