Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Maioria dos chamados à Guarda Municipal são contra pessoas em situação de rua

Compartilhar:
4 de jul de 2022 Guarda Municipal
Imagem Maioria dos chamados à Guarda Municipal são contra pessoas em situação de rua
Maioria dos chamados à Guarda Municipal são contra pessoas em situação de rua

Pela primeira vez no ano, o maior número de ocorrências registradas pela central de atendimento da Guarda Municipal de Umuarama (GMU) refere-se a denúncias, queixas e reclamações a respeito de ‘pessoas em situação de rua’ – embriagados, andarilhos, drogaditos, mendicância e indígenas: foram 38 chamados durante o mês junho de 2022.

Segundo o relatório mensal de atendimentos, divulgado no início da tarde desta segunda-feira (4), foram 242 chamados, com destaque para a apreensão de dois veículos (um por adulteração e outro por débitos) e três encaminhamentos para a 7ª Subdivisão da Polícia Civil (um por de entorpecentes, um por tráfico de drogas e um por violência contra mulher – Lei Maria da Penha). “Vale destacar ainda que realizamos a apreensão de 25 quilos de maconha”, aponta o inspetor Valdiney Roberto Rissato, comandante da GMU.

O levantamento de atendimentos de junho informa que em segundo lugar estão as denúncias de trânsito, geralmente veículos estacionados de forma irregular, com 33 ligações. Tem terceiro lugar vêm as denúncias de pessoas em atitude suspeita próximas a residências ou a estabelecimentos comerciais e a perturbação do sossego, com 16 chamados cada.

Em quarto lugar, com 11 chamados cada, estão: abordagem para averiguação de suspeito, atendimento de acidente com vítima, auxílio ao trânsito (controle do tráfego de veículo e interdição de via) e atendimento a animais em geral. Em quinto lugar estão os atendimentos de trânsito sem vítimas, com 10 ocorrências.

Também foram realizados nove atendimentos a fustos e roubos, oito por meio de OCR (Optical Character Recognition – o reconhecimento óptico de caracteres), sete apoios ao Corpo de Bombeiros e ao Samu, seis atendimentos de violência contra a mulher, seis apoios a ocorrências no Pronto Atendimento (PA), cinco vias de fato e cinco cumprimentos de ofício do Ministério Público para encaminhamento ao hospital Santa Cruz, entre outros (veja lista completa clicando aqui).

Outras ocorrências atendidas foram denúncias de pessoas pescando no Lago Aratimbó, denúncias de veículos abandonados, de vandalismo ao patrimônio público, de direção perigosa, de invasão de domicílio, de ocorrências em escolas, de fios elétricos rompidos e de lixo em local impróprio. “Também realizamos nada menos que 70 atendimentos de ordens de serviços solicitadas oficialmente”, observa Rissato.

Criada em 1992, a Guarda Municipal faz parte da Secretaria Municipal de Segurança, Trânsito e Mobilidade Urbana (Sestram) e conta com efetivo que simboliza a segurança do município. “Sua função é de extrema importância para zelas pelo bem dos cidadãos, executando policiamento administrativo e ostensivo de prevenção a infrações penais e administrativas em todo território do município”, detalha Rissato.


 


 

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DA GMU – Junho/2022 – Clique aqui.


 

BALANÇO DE ATENDIMENTOS GMU – 2022

MÊS

ATENDIMENTOS

JANEIRO

250

FEVEREIRO

306

MARÇO

296

ABRIL

257

MAIO

270

JUNHO

242

TOTAL

1.621

Média =

270

Fonte: SESTRAM-GMU