Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Secretaria de Educação se une a órgãos de proteção para lutar contra o abandono escolar

Compartilhar:
15 de mar de 2022 Educação
Imagem Secretaria de Educação se une a órgãos de proteção para lutar contra o abandono escolar
Secretaria de Educação se une a órgãos de proteção para lutar contra o abandono escolar

A luta contra o abandono e evasão escolar é constante na rede pública de ensino – tanto estadual quanto municipal. E em Umuarama esse objetivo comum resulta na formação da Rede de Proteção, que reúne profissionais de diversos órgãos na discussão do Programa de Combate ao Abandono Escolar. A primeira reunião deste ano está agendada para a tarde desta quarta-feira (16) no anfiteatro da Prefeitura.

Viviane Aparecida da Silva Lopes, coordenadora técnica e pedagógica de documentação escolar da Secretaria Municipal de Educação, conta que neste primeiro encontro vão participar todos os diretores das escolas municipais e estaduais e representantes de diversos órgãos da Rede de Proteção, como Cras (Centro de Referência em Assistência Social), Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), do Peti (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil), do Ceju (Centro da Juventude), do Conselho Tutelar, das secretarias municipais de Assistência Social e Saúde, além de profissionais da Secretaria de Estado da Educação (Seed).

Ela explica que o Sistema Educacional da Rede de Proteção foi instituído em 2018 com o objetivo principal de prevenir e combater o abandono e evasão escolar, garantindo o direito à educação para todos os estudantes da rede pública. “A Secretaria Municipal de Educação, em conjunto aos diversos outros setores que compõem a Rede de Proteção, se uniu à Seed para que essa luta seja ainda mais forte”, contou.

A chefe da Divisão da Proteção Social Básica em Umuarama, Dayanne Paola de Oliveira Demozzi, explica que todo estudante que falte cinco dias consecutivos (ou sete dias alternados no período de dois meses), sem justificativa, já deve ser incluído no Programa de Combate ao Abandono Escolar no Sistema Educacional da Rede de Proteção (Serp). “Os diretores fazem a busca ativa por esses alunos que se afastaram das aulas, então nós, no âmbito da administração municipal, nos reunimos a todos os que oferecem serviços de garantias a crianças e adolescentes”, detalha.

Dayanne destaca que a união de forças entre município e Estado vai garantir mais alunos nas salas de aulas. “Programas como este são fundamentais para estimular crianças e adolescentes a permanecerem no caminho da educação. O trabalho da Rede de Proteção trará resultados significativos para a identificação e possível solução dos casos de abandono e infrequência escolar”, pontuou.

Viviane Silva Lopes acrescenta que nesta primeira reunião, diretores e demais profissionais de educação e assistência social vão retomar o trabalho de cada um dos chamados ‘equipamentos da rede de proteção’ (os Cras, Creas, Centro da Juventude, Conselhos Tutelares etc.). “Neste primeiro momento vamos realizar uma espécie de ‘mostra de serviços’ e a apresentação de recados diversos ficando já definido a partir das próximas reuniões as apresentações dos casos de abandono escolar que estejam ocorrendo nas escolas de Umuarama”, explica.

Outra iniciativa conjunta às Secretarias de Assistência Social e Saúde, é o Programa Busca Ativa Escolar, onde as Agentes Comunitárias de Saúde de cada território notificam os casos de crianças e adolescentes em idade escolar, sem matrícula ativa no ano diretamente na plataforma do sistema, a fim de que os casos sejam solucionados por meio das supervisões de cada secretaria. “Dois programas que se complementam com o objetivo de garantir o direto de acesso, permanência e sucesso escolar a todo estudante”, resume Viviane.