Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Prefeitura paga R$ 70 mil em subsídio para que Viação Umuarama volte a atender cidadãos

Compartilhar:
3 de dez de 2021 Defesa Civil
Imagem Prefeitura paga R$ 70 mil em subsídio para que Viação Umuarama volte a atender cidadãos
Prefeitura paga R$ 70 mil em subsídio para que Viação Umuarama volte a atender cidadãos

A administração municipal acaba de realizar o pagamento de R$ 70 mil à Viação Umuarama, cumprindo o acordo de repasse de subsídios para que seja oferecido transporte coletivo de qualidade à população. A Prefeitura havia notificado a empresa ao ser informada da desativação de algumas linhas e horários e, após nova negociação no gabinete do prefeito Hermes Pimentel, o município honrou o contratado para que os cidadãos não fossem prejudicados.

Desde que tomou a frente da administração municipal, Pimentel tem buscado alternativas legais para que o contrato de concessão seja cumprido de forma a atender os usuários do sistema de transporte coletivo urbano de passageiros na cidade. “O representante da empresa [Wilton Cardoso] me garantiu que após o repasse do subsídio, a Viação já iria se programar para restabelecer as linhas e horários. Ele disse inclusive que seria no máximo até dia 10 agora, quando o comércio começa a ficar aberto até às 22h”, relatou Pimentel.

A assessoria de comunicação do Shopping Palladium informou que a falta de linhas compatíveis com o horário de funcionamento do shopping tem prejudicado – e muito – os trabalhadores. “Temos relato de várias pessoas que têm de ir embora a pé, tarde da noite. Outras que pegam ônibus até o centro ficam sem saber como chegar até suas casas, por falta de conexões no terminal. Desta forma, entramos em contato com a Viação Umuarama, implorando para que retomasse os horários. Agora estamos no aguardo”.

Os trabalhadores do shopping também pediram ajuda ao Sindicato dos Empregados no Comércio de Umuarama. “Nós entramos em contato com a empresa e o gerente foi muito gentil, garantindo que todo problema será resolvido dentro de mais alguns dias. Sem o transporte coletivo, os trabalhadores ficarão sem condições de ganhar o pão de cada dia. Nós, do Sindicato, estamos atentos e queremos poder contribuir para que toda essa situação se resolva da melhor maneira possível”, disse a presidente Miromar Ponciano de Andrade.

O secretário municipal de Defesa Social, Elizeu Vital da Silva, esclareceu que a administração municipal notificou a Viação Umuarama com base em pontos ajustados no contrato de concessão. “Quaisquer suspensões, alterações e adaptações em horários e linhas devem, rigorosamente, ser comunicadas com antecedência à Prefeitura – e isso não aconteceu. Porém, depois de novas tratativas entre a gestão municipal e a concessionária, ficou acordado que a empresa restabeleceria os horários com o aporte mensal de R$ 70 mil. Esperamos que o acordo seja cumprido, pois o contrato prevê sanções importantes”, registra Vital.