Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

População deve receber agentes da dengue e, na dúvida, consultar a Vigilância

Compartilhar:
3 de fev de 2022 Covisa
Imagem População deve receber agentes da dengue e, na dúvida, consultar a Vigilância
População deve receber agentes da dengue e, na dúvida, consultar a Vigilância

Diante da repercussão nas redes sociais e na imprensa de um áudio denunciando uma ação criminosa que teria sido praticada por pessoas utilizando uniformes semelhantes ao dos agentes sanitários de Umuarama, o Serviço de Vigilância Ambiental divulgou nota informando que a população deve ficar atenta, mas precisa permitir o trabalho das equipes.

Os agentes de combate a endemias (ACE) – ou agentes da dengue – visitam os imóveis para vistoria no período das 8h às 14h (sem intervalo para almoço), com a finalidade de orientar a população, localizar e eliminar focos do mosquito transmissor da dengue. Eles trabalham com uniforme padrão na cor caqui, calça camuflada e crachá de identificação, que pode ser conferido com documento pessoal.

Nos sábados o trabalho é realizado das 8h às 12h para recuperação de imóveis encontrados fechados ao longo da semana. Já as ações de bloqueio químico são realizadas no início da manhã e ao entardecer, quando há notificação de casos de dengue confirmado ou suspeito no bairro.

Além do uniforme e dos crachás, que podem ser confrontados com a solicitação de documento pessoal, os agentes também utilizam veículos oficiais com o brasão do município. “É importante que a população deixe os agentes realizarem seu trabalho, fazer a vistoria e ajudar no combate à dengue. Temos visto áudios incitando moradores a impedirem o acesso dos agentes, o que pode agravar a situação”, orienta o coordenador da Vigilância em Saúde, Franzimar de Morais.

Caso a população tenha qualquer dúvida, ou suspeita, deve entrar em contato por telefone com a Vigilância Ambiental e confirmar a localidade onde os agentes estão atuando naquele momento. Para as visitas, o grupo geralmente se concentra em apenas uma região da cidade a cada vez. O número é (44) 3639-1930.