Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Bloqueio de benefícios do Auxílio Brasil aumenta bastante em novembro

Compartilhar:
24 de nov de 2022 Assistência Social
Imagem Bloqueio de benefícios do Auxílio Brasil aumenta bastante em novembro
Bloqueio de benefícios do Auxílio Brasil aumenta bastante em novembro

A exemplo de outras regiões do Estado e do país, Umuarama registrou crescimento significativo no volume de benefícios bloqueados do Programa Auxílio Brasil neste mês de novembro, o que tem causado grande procura aos Centros de Referência da Assistência Social (Cras). As causas do bloqueio geralmente são inconsistências de dados e informações apresentadas pelos favorecidos que divergem das apurações realizadas durante as fiscalizações.

A verificação de dados do Auxílio Brasil é contínua. No momento o público-alvo são os beneficiários que declararam no cadastro único que vivem sozinhos, as famílias unipessoais. O governo está cruzando informações do cadastro único e de outras fontes sobre as famílias unipessoais. “O resultado deste ‘pente-fino’ é que, do total de 5.053 beneficiários do Auxílio Brasil de Umuarama, 461 tiveram o benefício bloqueado neste mês”, informou a coordenadora do Cadastro Único e Programa Auxílio Brasil no município, Tania Marques.

O cruzamento de informações considerou dados do cartório de registro civil e endereços duplicados. Muitas pessoas informaram morar sozinhas, porém a apuração identificou registros de casamento. “O cruzamento de endereços também apontou casos de beneficiários com o mesmo endereço cadastrado em mais de um benefício. Esses caíram na ‘malha fina’ e tiveram o beneficio bloqueado pelo governo”, explicou.

De acordo com a Secretaria Municipal de Assistência Social, o governo federal ainda não divulgou instruções para os municípios se organizarem com relação ao bloqueio, o que tem causado dificuldades nos Cras. A orientação aos beneficiários unipessoais atingidos pelo corte é aguardar.

“Esperávamos uma listagem com todos os bloqueios e instruções para dia 22, mas ainda não recebemos. Agora é preciso paciência, porque as equipes do Cras não têm como desbloquear benefícios”, acrescentou Tania Marques. “Assim que recebermos instruções sobre os procedimentos que devemos seguir, vamos nos organizar para verificar caso a caso”, completou.