Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Umuarama terá horta comunitária do programa Cultivar Energia

Compartilhar:
11 de ago de 2021 Agricultura e Meio Ambiente
Imagem Umuarama terá horta comunitária do programa Cultivar Energia
Umuarama terá horta comunitária do programa Cultivar Energia

O programa Cultivar Energia, que incentiva a criação de hortas comunitárias em terrenos embaixo de linhas de transmissão e distribuição de energia elétrica, está estruturando uma unidade em Umuarama, em parceria com a Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente.

Nesta quinta-feira (12), as famílias voluntárias da nova horta se reunirão para receber as instruções de segurança da Copel. A empresa cede o espaço sob as linhas de transmissão de energia e apoia a atividade por meio da estrutura de delimitação do terreno. Já a Prefeitura fica responsável pela mobilização das famílias, fornecimento dos primeiros insumos para a formação dos canteiros e acompanhamento da implantação.

O programa já conta com sete hortas em diferentes cidades paranaenses. Cada uma delas produz de 3 a 3,5 toneladas de alimentos por mês, entre verduras, legumes, temperos, grãos, leguminosas, frutas, tubérculos e até mesmo ervas medicinais.

São mais de 400 famílias participantes, que plantam e colhem para consumo próprio, destinando o excedente para doação ou venda. As hortas estão instaladas em Cascavel, Ponta Grossa, duas em Curitiba e três em Maringá.

Em Umuarama, 20 famílias se cadastraram até o momento para fazer o cultivo, no terreno que fica no Parque Nova América. O espaço, no entanto, pode abrigar um número maior de voluntários. “Temos cerca de meio alqueire para a comunidade, que pode cultivar o que preferir, desde que sejam espécies de pequeno porte”, aponta a coordenadora do programa na Copel Distribuição, Carmem de Fátima Seguro.

A Prefeitura iniciou a limpeza do terreno e a próxima etapa é a ligação de água, já autorizada pelo prefeito Celso Pozzobom. Futuramente, caso o projeto se desenvolva com participação ativa das famílias, a intenção do município é implantar um poço artesiano para baratear a irrigação. A Secretaria de Agricultura também vai preparar os canteiros e oferecer orientações técnicas às famílias.

A reunião acontece a partir das 13h30, na Rua Francisco Gonçalves de Macedo, 3449, com as presenças do gerente do Departamento de Projetos e Obras Noroeste, da Copel, Roberto Ponce Martins, do prefeito Celso Luiz Pozzobom (ou representante), co presidente da Câmara, Fernando Galmassi, do técnico de segurança da Copel, Walter Luiz Fagundes dos Santos e de Amós Westphal, diretor de Articulação e Mobilização da Comunidade, da Secretaria de Gabinete e Gestão Integrada da Prefeitura, além de lideranças da comunidade.

SUSTENTABILIDADE

O Cultivar Energia iniciou em 2013, vinculado à sustentabilidade social e ambiental e aos objetivos preconizados pela Organização das Nações Unidas (ONU) para o uso racional dos recursos naturais do planeta – especialmente o ODS 2, dedicado à erradicação da fome e à agricultura sustentável; ODS 10, para redução das desigualdades entre os países; e o 17, que visa a fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável. Mais informações sobre o programa no site copelsustentabilidade.com e no canal da Copel no YouTube. (Com informações da assessoria da Copel)

Vídeos relacionados

Veja mais