Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Por conta da pandemia, Caminhada Ecológica é novamente adiada

Compartilhar:
13 de mai de 2021 Agricultura e Meio Ambiente
Imagem Por conta da pandemia, Caminhada Ecológica é novamente adiada
Por conta da pandemia, Caminhada Ecológica é novamente adiada

Com a Capital da Amizade ainda sob os efeitos da pandemia – são quase 800 casos ativos, mais de 670 suspeitos e hospitais com alas Covid praticamente lotadas há semanas – a comissão organizadora da Caminha Ecológica de Umuarama optou pela suspensão do evento mais uma vez, a exemplo do que ocorreu no ano passado.

A decisão foi anunciada após reunião virtual (pelo Google Meet) realizada na manhã desta quinta-feira, 13. A Prefeitura foi representada pela chefe da Divisão de Controle Ambiental, Fernanda Periard Mantovani. Os outros organizadores são o Sesc Umuarama, a Rede Farma, a Sanepar e o Sindicato dos Bancários de Umuarama, Assis Chateaubriand e Região, que tiveram representantes na reunião.

Ao longo dos anos, a caminhada se tornou marca registrada e acontece anualmente no município para comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente (5 junho). O evento também foi integrado ao calendário de comemorações do aniversário do município. “Como o passeio costuma reunir mais de 4 mil pessoas, a situação atual seria um risco aos participantes. Por isso, após uma ampla discussão, ficou deliberado que o evento será novamente adiado devido à situação persistente da pandemia de coronavírus”, justificou Fernanda Mantovani.

O diretor de Meio Ambiente da Prefeitura, Matheus Michelan Batista, reforçou que a segurança dos participantes é imprescindível para a continuidade do evento e informou que os materiais gráficos e demais artigos produzidos para a caminhada – que teria sua 19ª edição no ano passado – serão reutilizados numa próxima edição.

“Devido à situação em que o município se encontra – com esforços concentrados na prevenção da Covid-19 – e obedecendo aos decretos municipais e resoluções da área de Saúde, a comissão optou mais uma vez pelo adiamento”, completou o diretor. Umuarama já soma quase 10.700 casos positivos da doença e 171 óbitos, de acordo com a última atualização. Por outro lado, mais de 9.770 umuaramenses conseguiram se recuperar.

Vídeos relacionados

Veja mais