Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Pimentel inicia o repovoamento dos lagos municipais com 40 mil peixes nativos

Compartilhar:
18 de fev de 2022 Agricultura e Meio Ambiente
Imagem Pimentel inicia o repovoamento dos lagos municipais com 40 mil peixes nativos
Pimentel inicia o repovoamento dos lagos municipais com 40 mil peixes nativos

Os dois lagos de Umuarama receberam um grande volume de peixes na manhã desta sexta-feira, dentro do projeto de revitalização lançado pelo prefeito Hermes Pimentel. Foram soltos 25 mil espécimes de curimbas, piaus e lambaris em idade juvenil, nos lagos Aratimbó e Tucuruvi, dentro de um projeto de repovoamento que prevê a soltura de 40 mil peixes de espécies nativas.

Pimentel participou pessoalmente da ação. “Agora precisamos que a comunidade nos ajude nesse processo. Lembramos que a pesca é proibida nos dois lagos e é importante deixar esses peixes se desenvolverem para promover o equilíbrio ambiental”, disse Pimentel. Ele anunciou que a Prefeitura vai ampliar a fiscalização e conscientização dos frequentadores para que evitem a pesca e também construirá um guarda-corpo em madeira tratada, no entorno dos lagos, para delimitar o espaço destinado à visitação do público.

A primeira etapa do repovoamento contou com a presença do secretário municipal do Meio Ambiente, Rubens Sampaio, do secretário-chefe de Gabinete e Gestão Integrada, André Rodrigues dos Santos, da chefe da divisão Rafaela Moreira e do vereador Newton Soares, que acompanhou a soltura no Lago Tucuruvi. A próxima etapa está prevista para março.

Pimentel afirmou que a administração municipal vai tratar melhor os cartões-postais de Umuarama. “O lago vivia uma situação de abandono, assoreado e sem cuidados. Iniciamos com a limpeza, que recuperou toda a lâmina d’água, estamos preparando os taludes para o plantio de grama, vamos revitalizar e ampliar os jardins com o plantio de milhares de flores, instalar o guarda-copo, reparar as calçadas e a passarela, enfim, dar uma nova ‘cara’ para o lago Aratimbó e também haverá melhorias no Tucuruvi”, anunciou.

O secretário Rubens Sampaio explicou que aos poucos as espécies nativas serão reintroduzidas e devem prevalecer sobre os peixes exóticos que hoje predominam no lago, especialmente a tilápia. Ele reforçou o pedido para que os visitantes evitem a pesca e disse que, futuramente, poderão ser realizados eventos de pesca controlada com organização e critérios bem definidos.

“Estamos cuidando da limpeza, estudando medidas para evitar o assoreamento e monitorando a qualidade da água através de análises laboratoriais para que o lago seja cada vez mais um ambiente equilibrado. É um dos pontos mais visitados da cidade e logo será um dos mais bonitos, com muitas flores, pássaros aquáticos, sombra, pistas bem cuidadas e uma vista incomparável”, completou.

Visualizar imagens Flickr

Vídeos relacionados

Veja mais