Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Início do trabalho de limpeza já muda o cenário no Lago Aratimbó

Compartilhar:
3 de dez de 2021 Agricultura e Meio Ambiente
Imagem Início do trabalho de limpeza já muda o cenário no Lago Aratimbó
Início do trabalho de limpeza já muda o cenário no Lago Aratimbó

Quem passa pelo Lago Aratimbó já percebe o trabalho de limpeza que vem sendo realizado pelo município, por determinação do prefeito em exercício Hermes Pimentel. Após o rebaixamento do nível do reservatório em cerca de um metro, uma escavadeira hidráulica começou a movimentar a areia que assoreou o lago nos últimos anos.

Os sedimentos estão sendo movidos e amontoados perto das margens, para depois serem embarcados em caminhões basculantes e transportados até o aterro sanitário municipal. O trabalho é contínuo, dado o grande volume de material a ser retirado. A previsão é que a limpeza dure até o final de dezembro, caso não seja prejudicada por períodos chuvosos ou outros imprevistos.

O rebaixamento da represa começou no último dia 29 e no dia seguinte a escavadeira já iniciou a movimentação da areia. O prefeito Hermes Pimentel quer melhorar as condições do Lago Aratimbó, um dos principais pontos de encontro da cidade, tanto no aspecto visual quanto ambiental.

“Há anos o lago vem sofrendo assoreamento, com o acúmulo de resíduos e areia carreada pelas galerias pluviais e erosões nas suas nascentes. O descaso nos últimos anos foi tanto que a vegetação tomou conta do espaço onde deveria haver apenas a lâmina d’água”, afirmou.

Apesar de não ser um desassoreamento completo, a ação deve melhorar o ambiente de forma significativa. Mesmo com a situação precária, diariamente são vistas pessoas e famílias pescando no local, embora o consumo de peixes do lago não seja recomendado. O sistema atrai várias espécies de aves aquáticas que se alimentam dos peixes existentes e se tornaram uma atração a mais no lago, comentou o diretor de Meio Ambiente do município, Rubens Sampaio.

O diretor assegurou que as obras não devem atrapalhar a visitação. O lago continuará aberto ao público, desde que tomados os devidos cuidados com o trânsito de caminhões e máquinas pesadas. Para a remoção dos sedimentos e limpeza da vegetação serão necessárias cerca de 1 mil horas/máquina e 3 mil viagens de caminhão basculante.

Visualizar imagens Flickr

Vídeos relacionados

Veja mais