Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Após limpeza, Lago Aratimbó receberá peixes nativos e outras melhorias

Compartilhar:
2 de fev de 2022 Agricultura e Meio Ambiente
Imagem Após limpeza, Lago Aratimbó receberá peixes nativos e outras melhorias
Após limpeza, Lago Aratimbó receberá peixes nativos e outras melhorias

Com a conclusão da limpeza na última semana e o fechamento da comporta que controla a vazão da represa, aos poucos o nível da água do Lago Aratimbó retorna ao normal. O serviço realizado pela Prefeitura mudou completamente o aspecto visual e recuperou um dos cartões-postais mais visitados de Umuarama. Mais melhorias devem ser implantadas nos próximos dias, como a reforma de estruturas e o paisagismo.

Outra novidade é o repovoamento da represa com espécies nativas da bacia hidrográfica regional. A Secretaria Municipal do Meio Ambiente Sobre está adquirindo cerca de 40 mil peixes juvenis – são 12 mil piaus, 13 mil lambaris e 14 mil curimbas. “Inicialmente vamos soltar de 15 a 20 mil peixes das três espécies, comuns nos rios da região, diferente das espécies existentes hoje no lago, que são exóticas (tilápia e bagre africano)”, explicou o secretário do Meio Ambiente, Rubens Sampaio. Os peixes restantes serão soltos gradualmente.

O secretário alertou para uma mudança importante: a pesca no lago será proibida. “Não há nenhuma análise que indique a qualidade da água e se os pescados são próprios para o consumo e além disso, precisamos dar um tempo para que o repovoamento tenha sucesso. Os peixes precisam se desenvolver até atingir a maturidade e isso levará alguns meses”, afirmou Sampaio.

A recuperação do Lago Aratimbó foi uma das primeiras ações do prefeito Hermes Pimentel, que assumiu a Prefeitura em setembro do ano passado. “Isso aqui estava abandonado, assoreado e com muita sujeira. A limpeza retirou centenas de toneladas de areia e resíduos que cobriam grande parte da lâmina d’água. Hoje lago recuperou sua exuberância e nas próximas semanas vamos deixar o local ainda mais agradável e atrativo aos visitantes”, destacou o prefeito.

Entre as melhorias estão previsas a reforma da passarela, plantio de grama nos taludes e paisagismo no entorno, colocação de placas com a proibição da pesca, instalação de cerca de isolamento em madeira, para evitar que a população chegue à margem do lago, instalação de ponto fixo para a presença da Guarda Municipal e implantação de vigilância, bem manutenção dos banheiros, reparos e limpeza dos quiosques para utilização pela população.

Na próxima sexta-feira, 4, o secretário e a equipe do Meio Ambiente devem se reunir com o pessoal da Secretaria de Serviços Públicos e o secretário João Paulo dos Santos para discutir o cronograma de serviços que serão realizados no lago, concluindo um trabalho iniciado em novembro do ano passado, por determinação do prefeito Hermes Pimentel.

Os sedimentos foram retirados com escavadeira hidráulica e destinados à recomposição de aterros. “O lago ficou muitos anos sem cuidado”, disse o secretário. “Agora faremos a limpeza periodicamente, até que seja possível implantar um sistema para evitar em definitivo o assoreamento. Daqui para frente o lago terá a devida atenção e a conservação da Prefeitura”, assegurou Sampaio.

Visualizar imagens Flickr

Vídeos relacionados

Veja mais