Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Projeto pioneiro desafia servidores municipais a perder peso com saúde

Compartilhar:
2 de jun de 2022 Administração
Imagem Projeto pioneiro desafia servidores municipais a perder peso com saúde
Projeto pioneiro desafia servidores municipais a perder peso com saúde

Os 2.550 servidores da Prefeitura de Umuarama serão desafiados, nos próximos dias, a participar de um projeto da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Smel) com o objetivo de combater a obesidade através de atividades físicas e adoção de hábitos saudáveis. A ideia é envolver todas as secretarias e o prefeito Hermes Pimentel já avisou que também vai participar. Os vencedores serão premiados com viagens para Salvador (1º lugar), Termas de Jurema (2º) e Foz do Iguaçu (3º), todos com direito a acompanhante.

O lançamento ocorreu na tarde desta quinta-feira, 2, na sala de reuniões do Gabinete, com a presença do prefeito e dos secretários municipais de Esportes e Lazer, Jeferson Ferreira, e de Saúde, Herison Cleik da Silva Lima, do diretor de Recursos Humanos, Alexandre Faker Ribeiro, professores e técnicos de esportes, nutricionistas, Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (Sesmt) e o presidente a Associação dos Servidores Municipais de Umuarama (Assemu), Benedito Barbosa – o Dito.

Intitulada “Eu também posso”, a ação faz parte de um programa maior implementado pela Smel, com o apoio do prefeito Pimentel (o “Pessoas ativas, Umuarama mais saudável”), uma iniciativa inovadora que estimula a prevenção em saúde por meio do engajamento da população em atividades físicas. “A Organização Mundial da Saúde (OMS) estabeleceu como meta um aumento de 10% no número de praticantes em todo o mundo, até 2025, e de 15% até 2030. Estamos empenhados em atingir esses percentuais”, afirmou Jefinho.

Alguns números apurados pela Smel mostram a importância da iniciativa: 64% das mortes atribuídas à covid-19 em Umuarama estavam associadas a comorbidades agravadas pela obesidade, como diabetes e hipertensão. Na rede municipal, 16,9% dos alunos (de até 12 anos) são obesos e 17,6% estão com sobrepeso. De 562 servidores entrevistados pela Smel, 45% declararam não praticar nenhuma atividade física – a maioria por preguiça ou ‘falta de tempo’. Destes, 37% estão com sobrepeso e 17% foram considerados obesos, fora casos de magreza e obesidade mórbida – e só 36% estão dentro do peso ideal.

“Nosso projeto vem para tentar mudar essa realidade, integrando as secretarias em um programa de emagrecimento saudável para os servidores”, disse Jefinho, mas a perda de peso não é o único critério para definir os vencedores. “Também haverá desafios semanais, atividades físicas em grupo e individuais, palestras e orientação nutricional. Queremos uma mudança de hábitos e mais qualidade de vida, prevenindo diversos males”, completou.

Os participantes terão acompanhamento de nutricionistas, psicólogos e professores de educação física. A avaliação do percentual de perda de gordura terá o apoio da Universidade Paranaense (Unipar), que vai ceder um professor e o laboratório. A Assemu patrocinará a premiação. As datas também já estão definidas: credenciamento de 6 a 22 de junho, avaliações de 27 de junho a 1º de julho, início em 4 de julho e término em 17 de outubro. Os vencedores serão conhecidos e premiados no Dia do Servidor Público – 28 de outubro.

O programa já foi testado com a equipe da Smel e surtiu resultados surpreendentes. “Agora vamos estender para os servidores municipais e, no futuro, para os empregados do comércio – com o apoio da Associação Comercial, Industrial e Agrícola (Aciu) – e a toda a população que almeja uma vida saudável, tudo isso com o apoio e o estímulo do prefeito Hermes Pimentel, que tem prestigiado e participado das atividades realizadas pela Smel”, concluiu o secretário Jefinho.

Visualizar imagens Flickr