Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Alunos do 7º ano da Escola Elite ‘entrevistam’ prefeito Hermes Pimentel

Compartilhar:
4 de mai de 2022 Administração
Imagem Alunos do 7º ano da Escola Elite ‘entrevistam’ prefeito Hermes Pimentel
Alunos do 7º ano da Escola Elite ‘entrevistam’ prefeito Hermes Pimentel

Alunos do 7º ano do Ensino Fundamental, da Escola Elite – Rede de Ensino, entrevistaram o prefeito Hermes Pimentel em visita ao Gabinete na manhã desta quarta-feira, 4, acompanhados pelo professor André Esteves, da disciplina de Geografia. “É gratificante receber os estudantes e esclarecer suas dúvidas, passando um pouco de conhecimento sobre a política, a administração pública e as atribuições do prefeito”, destacou Pimentel.

Mesmo tendo – a maioria – o primeiro contato com uma autoridade municipal, neste dia, os 25 alunos não economizaram perguntas ao prefeito, que falou sobre assuntos variados de forma simples e descontraída, facilitando a compreensão.

No bate-papo, os estudantes perguntaram sobre como é ser prefeito, o que o atraiu na política, o que mais gosta (ou não) de fazer, quais as maiores dificuldades do cargo, como reage às críticas, o que mais se orgulha de já ter feito – apesar do pouco tempo à frente do Executivo (sete meses) –, e também sobre investimentos públicos em escolas, postos de saúde e infraestrutura urbana.

Respondendo aos alunos, Pimentel falou sobre sua trajetória de vida, empreendedorismo e o despertar para a política como candidato a vereador, eleito em 2010, antes de ser vice-prefeito (a partir de 2017) até assumir o cargo de prefeito em setembro de 2021. Destacou que não foge dos desafios e que gosta de resolver problemas. Falou da rotina diária – em que trabalha praticamente das 6h às 22h todos os dias, intercalando as atividades de prefeito e de empresário.

Pimentel comentou sobre o crescimento econômico e populacional de Umuarama e apresentou alguns de seus projetos futuros, como a luta por um hospital regional infantil – em conjunto com outras grandes cidades do Noroeste, como Maringá, Cianorte, Paranavaí e Campo Mourão – e a criação de um centro social e de capacitação no Conjunto Sonho Meu, que vai congregar, no mesmo espaço, diversos serviços públicos e atendimentos prestados por parceiros.

“Os atendimentos especializados para crianças, hoje, são realizados num hospital de Curitiba. Todo dia saem ônibus de várias cidades da região rumo à capital”, lembrou. Já para o centro social, a ideia é construir um ambiente com vários espaços e ofertar atividades diversas em contraturno escolar. “Vamos levar opções de lazer, entretenimento e crescimento saudável a fim de preparar os adolescentes ao mercado de trabalho e mantê-los afastados das ruas e do mundo das drogas, evitando uma série de problemas sociais”, defendeu.

Não há prazos definidos, ainda, mas o prefeito assegurou que o projeto já está sendo encaminhado. “O atendimento não será exclusivo ao Sonho Meu. Queremos oferecer transporte gratuito de ônibus para crianças e adolescentes de outros bairros da cidade onde haja situação de vulnerabilidade social”, completou, agradecendo o interesse dos alunos colocando-se à disposição do estabelecimento de ensino para outras visitas.

Visualizar imagens Flickr