Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Gavetário já pode ser utilizado para sepultamentos em Umuarama

Compartilhar:
18 de jun de 2019 Acesf
Imagem Gavetário já pode ser utilizado para sepultamentos em Umuarama
Gavetário já pode ser utilizado para sepultamentos em Umuarama

O Cemitério Municipal de Umuarama já conta com 240 gavetas prontas para utilização em sepultamentos. O gavetário é uma alternativa aos túmulos tradicionais e apresenta uma série de vantagens, a começar pelo custo menor – em comparação à urna tradicional com revestimento em mármore ou granito.

O diretor da Administração de Cemitérios e Serviços Funerários (Acesf), Alexandre Gobbo Maroto, menciona outras vantagens. “O sepultamento no gavetário não vai gerar custos adicionais para a família do falecido, como manutenção, limpeza ou revestimento da sepultura. As gavetas são padronizadas, com acabamento em granito, ao custo único de R$ 3.400,00. temos dois blocos concluídos em uma área bem localizada, dentro do cemitério, e já à disposição. Uma família inclusive já realizou sepultamento no gavetário”, informou.

O valor pode ser parcelado em entrada mais cinco pagamentos ou com 10% de desconto para quitação a vista (sairia por R$ 3.060,00). Um túmulo normal hoje, com gaveta simples e na parte intermediária do cemitério, custa R$ 3.022,00 e com gaveta dupla, R$ 3.622,00. Além disso, a família vai gastar com o revestimento (que em granito pode chegar a R$ 8 mil ou mais). Se a opção for por um jazigo para quatro urnas funerárias, nas imediações o cruzeiro, o valor pode até dobrar.

“O gavetário é uma tendência, pela praticidade, economia nos custos e principalmente no espaço dentro do cemitério. Numa pequena área é possível sepultar até 480 falecidos (quando a segunda etapa estiver concluída, no ano que vem). Quanto espaço do cemitério seria utilizado para 480 sepultamentos em túmulos normais?”, questiona o diretor Alexandre Maroto.

As gavetas não podem ser vendidas para reserva, como os túmulos, apenas para utilização no dia. Elas contam com sistema de filtragem de gases com carvão ativado, que eliminam odores, e contam também com algumas regras importantes: não é permitido queimar velas nas proximidades do gavetário, nem depositar flores – coroas podem ser colocadas apenas no momento do sepultamento. “As características das gavetas, bem como a placa de granito, não podem ser alteradas. A família pode fazer placa de identificação com medidas padronizadas, colocar foto do ente querido (até o tamanho 20x20) e um símbolo religioso, como uma cruz”, acrescentou.

 

Fotos: Tiago Boeing/ PMU - clique aqui