Servidor | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Marginal na PR-323 recebe asfalto; Parigot de Souza terá mais um trecho recapeado

Compartilhar:
29 de ago de 2017 Infraestrutura
Imagem Marginal na PR-323 recebe asfalto; Parigot  de Souza terá mais um trecho recapeado
Marginal na PR-323 recebe asfalto; Parigot de Souza terá mais um trecho recapeado

 O prefeito Celso Pozzobom visitou na última sexta-feira, 25, a pavimentação de um trecho marginal à rodovia PR-323, entre a rua Florivaldo Ricieri Tampelini (no Parque Industrial) e o primeiro retorno na pista após o viaduto – sentido a Perobal – que vem sendo realizada pela Secretaria de Obras, Planejamento Urbano e Projetos Técnicos. São 260 metros de extensão por 7,5 metros de largura. A previsão é que a conclusão aconteça nesta semana.

Na sexta os operários da Secretaria de Obras aplicavam a camada asfáltica em um trecho da via. O restante deve ser concluído nos próximos dias e em seguida será aplicada a sinalização, por parte da Diretoria de Trânsito de Umuarama (Umutrans). O prefeito aprovou o serviço. “Esta é uma obra simples que vai trazer benefícios para as empresas instaladas neste local e também para atrair investimentos nos espaços ainda não ocupados. Funcionários, clientes e fornecedores terão facilidades de acesso e conforto, principalmente em dias chuvosos, quando era preciso enfrentar a lama para chegar ao trabalho”, afirmou Pozzobom.

A intenção do prefeito é levar a marginal para mais empresas localizadas na rodovia PR-323 e obras semelhantes em outros trechos estão sendo estudadas. O secretário Isamu Oshima (Obras) disse que esse asfalto é um marco importante para o setor de Obras do município, que volta a pavimentar com equipamentos e mão de obra própria depois de muitos anos. “Essa prática deve se tornar comum, a partir de agora, por conta da redução de custos – da ordem de 30% a 50% – em comparação ao serviço contratado. Com o mesmo dinheiro, é possível pavimentar trechos bem maiores”, afirmou.

Caso a obra fosse terceirizada, além da demora no processo licitatório o custo não seria inferior a R$ 120 mil. Com pessoal e máquinas da prefeitura, apenas a massa asfáltica está sendo comprada e o custo deve ficar na casa dos R$ 70 mil.


 

RECAPE

O prefeito Celso Pozzobom anunciou também o recapeamento de mais um trecho da Avenida Parigot de Souza, entre o cemitério municipal e a Avenida Rondônia. “Vamos recapear a faixa sentido cemitério ao Poliesportivo, além de uma quadra da Avenida Rondônia (nos dois sentidos) e o entorno da Praça Brasília. Será uma melhoria significativa para aquela região, onde o asfalto encontra-se bem deteriorado”, disse.

A obra beneficiará clientes de empresas estabelecidas na Parigot de Souza e motoristas que trafegarem rumo à saída para Xambrê. O acesso por aquela região já está restabelecido, após os estragos causados pela erosão do Poliesportivo. “O asfalto que estava comprometido já foi refeito, um bom trecho do outro lado foi recapeado (entre a Av. Rondônia e a Guanabara) e agora vamos melhorar outro trecho da Parigot de Souza”, explicou o secretário Isamu Oshima.

Para o serviço, a Prefeitura utilizará um contrato vigente com uma empresa contratada mediante licitação para asfaltar vários trechos da cidade, com recursos do governo federal e contrapartida do município. Estão no mesmo pacote – de R$ 760 mil – serviços de terraplenagem, solo-cimento, assentamento de meio-fio, drenagem e pavimentação de 7,3 mil m² para obras na Avenida dos Xetá, rua Laguna, Avenida Gralha Azul e rua Benjamin Constant, no Parque São Caetano.

“Por inviabilidade técnica, a última rua do São Caetano não poderá ser asfaltada no momento e os recursos deste trecho foram remanejados para o recape na Parigot de Souza”, completou o secretário.