Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Obras públicas emergenciais são mantidas pela Prefeitura de Umuarama

Compartilhar:
26 de mar de 2020 Obras, Planejamento Urbano e Projetos Técnicos
Imagem Obras públicas emergenciais são mantidas pela Prefeitura de Umuarama
Obras públicas emergenciais são mantidas pela Prefeitura de Umuarama

Algumas obras do poder público que estão em andamento no município por serem de caráter emergencial e essenciais ao interesse coletivo, ou por encontram-se em estágios que a paralisação colocaria o projeto todo em risco. Conforme o decreto 069/2020, no art. 6º, estão suspensas, pelo prazo de sete dias a contar da publicação (ocorrida em 24/03), “obras de construção civil privadas e públicas, salvo quando estas forem urgentes e essenciais ao interesse coletivo”.

Este é o caso do canal aberto em construção no interior do Bosque dos Xetá, um ponto que recebe grande volume de águas nos períodos de chuva. “Além de usa importância, a obra está em um estágio que uma chuva forte colocaria a perder todo o trabalho já executado”, explicou o prefeito Celso Pozzobom.

Da mesma forma, continua em andamento a implantação de uma rede de galerias pluviais que vai captar a água das chuvas no Aeroporto Orlando de Carvalho e direcioná-las dentro de uma propriedade particular, até um ponto seguro de escoamento. “Esta propriedade está recebendo grande volume de águas pluviais provenientes do aeroporto, o que tem causando erosão. Se essa obra parar, haveria sérios danos à propriedade e o município teria de arcar com um grande prejuízo”, acrescentou o diretor de Obras da Prefeitura, Nélio Guazeli.

Outras obras não interrompidas são as reformas e ampliações dos postos de saúde, que podem ser necessários para atendimento aos pacientes com suspeita de contaminação. Da mesma forma a reforma do ginásio de esportes não pode parar, porque o local faz parte do plano de enfrentamento da pandemia de coronavírus.

A obra do ginásio está em fase de acabamento. “Essa praça esportiva precisa ser concluída para recebermos aprovação do Corpo de Bombeiros e implantarmos ali, se necessário, um hospital de campanha, caso precisemos de um espaço para implantar leitos de internamento hospitalar. É um local estratégico se houver aumento no número de pacientes além da capacidade de alojamento do sistema de saúde do município”, destacou o prefeito Celso Pozzobom.

Visualizar imagens Flickr