Prefeitura
    Ajuda e Serviços
    Serviços
    Fale Com a Prefeitura
  • (44) 3621-4141
  • Atendimento ao Publico, Dúvidas, reclamações e sugestões.
    Fique Bem Informado
  • Receba em sua caixa de mensagem tudo que está acontecendo em nossa cidade.
  • (*)Nome
  • (*)E-mail
  • Cadastrar
  • Enviando aguarde...
    Você está em: Notícias
  • 11/01/2019
  • Agentes de saúde e combate a endemias são orientados sobre o Bairro Saudável
  • Categoria: Saúde
  • A organização do Programa Bairro Saudável teve mais uma reunião preparatória na tarde desta sexta-feira, 11, no anfiteatro da Prefeitura de Umuarama. Desta vez, o público foi formado pelos agentes comunitários de saúde (ACS) e de combate a endemias (ACE), sob a condução da secretária municipal de Saúde, Cecília Cividini, com a participação do prefeito Celso Pozzobom, do secretário de Serviços Públicos, José Guimarães de Melo, do diretor de Meio Ambiente do município, Matheus Michelan Batista, e do chefe da Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa), Hildacir Staut.

    O chefe de Atenção Primária em Saúde, Elizeu Ampessan, abriu a reunião falando sobre a capacitação permanente que será oferecida aos ACS neste ano, para afinar a linha de trabalho e aumentar a produtividade. “Teremos vários cursos com temas específicos, para dar mais segurança aos nossos agentes, melhorar o sistema gestor utilizado e a comunicação. Além disso, a equipe terá um reforço de 8 novos agentes contratados por processo seletivo para agilizar o atendimento”, informou.

    Para o chefe da Covisa, é importante integrar o trabalho dos agentes de saúde com a equipe de combate a endemias. “Com as equipes atuando em sintonia teremos mais alcance e uma presença mais ativa na vida da comunidade, afinal todos trabalhamos para o sistema de saúde pública e um ajudando ao outro teremos melhores resultados”, apontou Hildacir Staut, deixando a estrutura da Covisa à disposição dos agentes de saúde para fortalecer a integração.

    A secretária Cecília Cividini destacou avanços obtidos na área da saúde no ano passado – como a redução do índice de mortalidade infantil em mais de dois pontos percentuais e o cumprimento de metas de vacinação e da coleta de preventivo para o câncer de colo de útero –, “que não eram atingidas há muitos anos”, pontuou, e disse que esse empenho e integração devem ser aplicados agora no Bairro Saudável, que visa eliminar pontos de reprodução do mosquito transmissor da dengue, zica vírus e febre chikungunya em toda a cidade. “Precisamos mexer com a população, tirá-la da zona de conforto porque contra a dengue não podemos relaxar”, disse.

    O programa vai começar com visitas domiciliares dos agentes de combate a endemias, orientando a população sobre os dias da coleta, quais materiais deverão ser descartados e outras ações preventivas contra a dengue, doação de mudas de orquídeas e combate ao escorpião. O diretor Matheus Batista explicou sobre a coleta de eletrônicos (TVs, rádios, computadores e outros, além de pilhas e baterias), que terá pontos fixos de recebimento nas unidades de saúde de cada região, durante o Bairro Saudável. “O descarte de lâmpadas, porém, deve ser feito pelo próprio morador no aterro sanitário municipal, já pneus velhos podem ser entregues num ponto de coleta conveniado ao município”, afirmou.

    José Guimarães reforçou que o objetivo é coletar materiais que acumulem água, além de móveis velhos e utensílios em desuso (baldes, bacias, latas, tambores, brinquedos velhos, garrafas e outras embalagens, materiais plásticos, de vidro e metal). “Os eletrônicos deverão ser entregues nos postos de saúde. A população deve evitar colocar na calçada entulho de construção, grama e galhos de árvores e lixo da limpeza do quintal. Não é este o foco do programa e isso causaria um volume excessivo de resíduos, atrasando a coleta em outros bairros da cidade. Teremos quatro caminhões para a coleta e a ideia é concluir o trabalho em até dois meses, passando por todos os bairros da cidade e distritos”, afirmou.

Avenida Rio Branco, 3717 - CEP 87501-130 - Umuarama - Paraná - Fone: (44) 3621 4141 / Fax: 3622 8661