Prefeitura
    Ajuda e Serviços
    Serviços
    Fale Com a Prefeitura
  • (44) 3621-4141
  • Atendimento ao Publico, Dúvidas, reclamações e sugestões.
    Fique Bem Informado
  • Receba em sua caixa de mensagem tudo que está acontecendo em nossa cidade.
  • (*)Nome
  • (*)E-mail
  • Cadastrar
  • Enviando aguarde...
    Você está em: Notícias
  • 11/09/2018
  • Saúde municipal disponibilizou quase 600 consultas para ortopedia em dois meses
  • Categoria: Saúde
  •  Embora mais de 30% dos pacientes com consultas agendadas não tenham comparecido, o esforço concentrado que a Secretaria Municipal de Saúde realizou – entre julho e agosto deste ano – reduziu consideravelmente a espera por atendimento na área de ortopedia: 395 pessoas que aguardavam consultas foram atendidas, em um total de 592 agendamentos.
    A secretaria contratou sete ortopedistas para atender aos pacientes – que foram avisados por telefone – em quatro datas marcadas com antecedência: os dias 14 e 28 de julho, 11 e 25 de agosto. “O objetivo foi atender ao maior número possível, por isso foram agendadas cerca de 600 consultas e quase 400 pacientes foram consultados. Infelizmente, 197 pessoas que estavam na lista não comparecerem. Alguns tiveram motivos justificáveis, mas boa parte simplesmente faltou à consulta”, lamentou a secretária da Saúde, Cecília Cividini.
    Os números foram divulgados pelo enfermeiro auditor da Divisão de Regulação, Controle, Avaliação e Auditoria da Secretaria de Saúde, Edilson Rodrigues Albuquerque. As consultas foram realizadas no Centro de Especialidades Médicas (CEM). O prefeito Celso Pozzobom acompanhou os atendimentos e elogiou o esforço da Secretaria de Saúde para reduzir a espera por consultas em uma área que a Prefeitura sempre teve dificuldade de atender a demanda.
    “O esforço foi válido e a população, que merece atendimento rápido e de qualidade, é a maior beneficiada. Pena que 33,2% dos pacientes simplesmente não apareceram para a consulta. Temos de apurar os motivos dessa ausência e tentar antecipar as desistências, para remanejar as consultas e atender mais pacientes”, afirmou Pozzobom.
    De acordo com a secretária de Saúde, o atendimento em sistema de mutirão – com vários médicos atendendo ao mesmo tempo – deve continuar em áreas que contam com muita demanda represada. “Mas é importante que as pessoas compareçam, pois não sabemos quando será possível aumentar o número de consultas, novamente. A desistência com consulta marcada pode representar um tempo a mais na fila de espera”, completou Cecília Cividini.
     

     

  • Galeria de Fotos
  • Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto
Avenida Rio Branco, 3717 - CEP 87501-130 - Umuarama - Paraná - Fone: (44) 3621 4141 / Fax: 3622 8661