Prefeitura
    Ajuda e Serviços
    Serviços
    Fale Com a Prefeitura
  • (44) 3621-4141
  • Atendimento ao Publico, Dúvidas, reclamações e sugestões.
    Fique Bem Informado
  • Receba em sua caixa de mensagem tudo que está acontecendo em nossa cidade.
  • (*)Nome
  • (*)E-mail
  • Cadastrar
  • Enviando aguarde...
    Você está em: Notícias
  • 05/03/2018
  • Covisa recebe mais mudas de orquídeas para combate à dengue
  • Categoria: Covisa
  • A Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa), que congrega o setor de Vigilância Ambiental, recebeu uma doação importante do Conselho da Comunidade da Comarca de Umuarama na tarde desta quarta-feira, 28, para o combate à dengue no município. Por indicação do Ministério Público, uma sanção aplicada em processo judicial foi convertida em doação de mudas de orquídeas cujo plantio elimina criadouros do mosquito da dengue em ocos de árvores que costumam acumular água.

    Quase 700 mudas foram entregues ao coordenador da Covisa, Flávio Posseti, e ao agente de combate a endemias (ACE) responsável pelo plantio das mudas, André Cardoso, perlo secretário-executivo do Conselho da Comunidade, Alan Wesley Barbosa, e pela assistente social voluntária Lourdes Scapin. As plantas foram adquiridas no Mercado de Mudas Umuarama, dos proprietários Joel de Carvalho e Daiane de Miranda. O conselho é presidido pelo advogado Luiz Guilherme Meyer.

    As mudas de diversas cores de orquídea são da variedade dendróbio, uma das mais resistentes às intempéries climáticas e portanto mais adequadas para preencher os ocos e axilas de árvores. “É uma planta bem rústica, que existe pouca umidade e que cresce muito bem à sombra das árvores”, disse Daiane. Ela também repassou à Covisa uma boa quantidade do musco sphagnum, que ajuda as mudas a reter água durante o enraizamento no tronco das árvores.

    Desde o início do ano passado, a Vigilância Ambiental já cultivou mais de 2 mil mudas de orquídeas na área central de Umuarama – onde estão as árvores mais antigas da cidade. “Algumas delas chegam a acumular mais de 2 litros de água da chuva nos ocos, favorecendo a reprodução do mosquito Aedes aegypti. Com o plantio das orquídeas, a infestação caiu praticamente a zero nas regiões onde já fizemos este trabalho, conforme os últimos levantamentos”, afirmou Posseti.

    O agente ambiental André Cardoso disse que 40% das árvores da região central contam com focos do mosquito da dengue. “Com as orquídeas estamos eliminando esses focos e reduzindo a infestação do mosquito, o que traz um resultado importante no combate à dengue. Infelizmente, como somos apenas em dois agentes realizando este trabalho, é impossível estendê-lo a todas as regiões da cidade. Umuarama tem mais de 120 mil árvores”, disse.

    Porém, a comunidade pode ajudar. Os agentes ambientais se dispõem a orientar sobre o plantio e os cuidados necessários caso a população tenha mudas para plantar em árvores nos bairros mais afastados do centro. “É importante tomar muito cuidado ao subir em árvores, porque no dia a dia nos deparamos com aranhas, formigas e abelhas que podem trazer perigo, sem falar na utilização de escada”, alertou.

  • Galeria de Fotos
  • Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto
Avenida Rio Branco, 3717 - CEP 87501-130 - Umuarama - Paraná - Fone: (44) 3621 4141 / Fax: 3622 8661