Prefeitura
    Ajuda e Serviços
    Serviços
    Fale Com a Prefeitura
  • (44) 3621-4141
  • Atendimento ao Publico, Dúvidas, reclamações e sugestões.
    Fique Bem Informado
  • Receba em sua caixa de mensagem tudo que está acontecendo em nossa cidade.
  • (*)Nome
  • (*)E-mail
  • Cadastrar
  • Enviando aguarde...
    Você está em: Notícias
  • 02/02/2018
  • Bairro Saudável fará um “arrastão” contra a dengue por toda a cidade
  • Categoria: Saúde
  • O programa Bairro Saudável terá uma operação especial contra a dengue. Em 16 dias, a partir da próxima segunda-feira, 5, dois caminhões vão percorrer todos os bairros da cidade recolhendo galhos e folhas e também entulhos, móveis velhos e materiais que possam acumular água e assim favorecer a reprodução do mosquito transmissor da doença. A ação é parte de uma operação de guerra montada para controlar a infestação e evitar um surto e assim minimizar o risco de uma epidemia, uma vez que larvas do mosquito foram encontradas em 6,3% das casas vistoriadas no último Levantamento de Índice Rápido para Infestação por Aedes aegypti (Liraa).

    Um verdadeiro arrastão vai cobrir toda a cidade e a coleta de resíduos acontecerá durante a semana – de segunda a sexta-feira –, das 7h às 10h e das 13 às 16h. A ação foi definida durante reunião entre o prefeito Celso Pozzobom, a secretária municipal da Saúde, Cecília Cividini, a Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa) e representantes de diversas secretarias, entidades, órgãos públicos, clubes de serviço, associações e forças de segurança, além do Comitê Municipal de Combate à Dengue.

    Além da coleta, os moradores receberão a visita de agentes de combate a endemias (ACEs) que farão vistorias nos quintais e prestarão orientações à comunidade. “Essa guerra está só começando e precisamos da população como aliada, mantendo limpos os seus quintais. O foco central são materiais, lixo, recicláveis e todo tipo de recipiente que possa acumular água. Nesse período de muita chuva e calor, o mosquito encontra as condições ideais para se reproduzir e dessa forma deixa a população em risco”, alerta o prefeito Pozzobom.

    O chefe da Vigilância Ambiental, Rafael Silvério, lembra que conforme o Liraa 83% das larvas encontradas no levantamento em janeiro estavam em recipientes expostos às chuvas, como tonéis de água, baldes e tambores, lixo reciclável mal acondicionado, pratinhos e vasos de plantas, pneus, bebedouros de animais, lonas, piscinas e utensílios domésticos desprotegidos.

    Umuarama viveu uma situação de epidemia de dengue em 2016, com 660 casos confirmados, e após muitos esforços a situação foi controlada nos anos seguintes. “Não podemos deixar que essa doença volte com força agora. Mais da metade da nossa população já teve contato com algum dos tipos de vírus e a reincidência (contrair novamente a doença) aumenta o risco das formas mais graves da dengue, inclusive a hemorrágica”, alertou a secretária Cecília Cividini.

    “Veja a programação do Bairro Saudável e fique atento aos dias em que os caminhões vão passar no seu bairro. Faça uma limpeza no quintal e coloque os entulhos na calçada nos dias marcados”, orientou o prefeito Celso Pozzobom.

  • Galeria de Fotos
  • Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto
Avenida Rio Branco, 3717 - CEP 87501-130 - Umuarama - Paraná - Fone: (44) 3621 4141 / Fax: 3622 8661