Prefeitura
    Ajuda e Serviços
    Serviços
    Fale Com a Prefeitura
  • (44) 3621-4141
  • Atendimento ao Publico, Dúvidas, reclamações e sugestões.
    Fique Bem Informado
  • Receba em sua caixa de mensagem tudo que está acontecendo em nossa cidade.
  • (*)Nome
  • (*)E-mail
  • Cadastrar
  • Enviando aguarde...
    Você está em: Notícias
  • 10/11/2017
  • Projeto leva saúde bucal para escolas municipais
  • Categoria: Saúde
  •  Um projeto realizado semanalmente nas escolas da rede municipal de ensino tem levado a prevenção às cáries e outros males da boca para a sala de aula de maneira lúdica e motivadora para que cada vez mais as crianças reforcem a escovação dos dentes e higiene bucal como um hábito saudável e preventivo.


    O trabalho, realizado há mais de 10 anos, envolve os profissionais de saúde bucal das Unidades Básicas de Saúde (UBS), como dentistas, auxiliares e técnicos em saúde bucal, nas ações coletivas de escovação dental supervisionada, bochecho fluorado e distribuição de escovas dentais a todos os alunos. “O projeto intensificou-se este ano com a ampliação da parceria da Secretarias de Saúde com a de Educação e o curso de Odontologia da Unipar (Universidade Paranaense), aumentando o número de escolas e alunos beneficiados”, explicou o coordenador Saúde Bucal do município, Elizeu Ampessan.

    Nas ações, os profissionais orientam a forma mais adequada para a escovação dental, levando-se em conta a faixa etária e coordenação motora do grupo de alunos, e distribuem a solução de fluoreto de sódio usada na forma de enxaguante bucal para bochechos, com o intuito de que os alunos tenham acesso frequente ao flúor.

    “Estudos recentes indicam que a ação do flúor é bem ampla e desempenhando papel importante na prevenção e controle da cárie. Além do mais, a escola é o melhor local para se aplicar métodos preventivos, por se constituir em um universo fechado, permitindo fácil acesso, controle e continuidade neste trabalho para beneficiar os nossos escolares”, avaliou a secretária da Saúde, Cecília Cividini.

    Paralelamente a essas ações, os alunos de Odontologia da Unipar, supervisionados pelos professores, abordam temas como hábitos prejudiciais à saúde, prevenção, pirâmide alimentar (incluindo informações sobre alimentos cariogênicos e não cariogênicos), modelos de escovas, pastas e fios dentais indicados para crianças da pré-escola e ensino fundamental, cárie de mamadeira e técnicas de escovação. “O projeto busca influenciar de forma positiva e reforçar a necessidade da higiene bucal como aliada na higiene corporal e na melhoria da qualidade de vida”, acrescentou Ampessan.

    ESCOVAÇÃO

    A prática de escovar os dentes para prevenir enfermidades dentárias e periodontais é antiga e seu início não tem registro histórico preciso. Nas primeiras décadas do século 20, sobretudo a partir dos anos 30, com a popularização do plástico, a produção, distribuição, estocagem e comercialização das escovas dentais se difundiu por todo o ocidente. A facilidade com que as escovas passaram a ser encontradas no mercado criou condições para expansão da prática de escovar os dentes.

    No Brasil, todo o ano são comercializadas dezenas de milhões de unidades de diferentes características. “Porém, milhões de brasileiros não dispõem com regularidade desse instrumento básico de higiene corporal e outros não o utilizam adequadamente. Assim, justifica-se que, no contexto dos programas públicos de saúde bucal, escovas dentais sejam distribuídas aos que delas necessitam, e que se realizem as ações educativas pertinentes”, acrescentou o coordenador.

    BENEFÍCIOS

    Escovas dentais são utilizadas como recurso estratégico para remover, ou ao menos desorganizar o biofilme dental, conhecido como placa bacteriana. Além disso, a escovação é estratégica para fazer com que o flúor esteja disponível na cavidade bucal, por meio do dentifrício. Alguns cariologistas argumentam que do ponto de vista restrito da prevenção da cárie, disponibilizar flúor diariamente na cavidade bucal é tão ou mais importante quanto desorganizar o biofilme.

    “Pesquisadores também admitem que a escovação dental diária, realizada adequadamente, é efetiva na prevenção de gengivites. Tais propriedades da escovação dental fizeram com que seu uso se disseminasse amplamente, a ponto de está prática ser recomendada por autoridades sanitárias de vários países”, concluiu Elizeu Ampessan.


    Fotos: José Anselmo Sabino/ PMU



    Legenda

    Projeto sendo realizado na Escola Municipal São Francisco, no Jardim Alphaville
  • Galeria de Fotos
  • Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto Foto
Avenida Rio Branco, 3717 - CEP 87501-130 - Umuarama - Paraná - Fone: (44) 3621 4141 / Fax: 3622 8661