Notícias | Prefeitura Municipal de Umuarama

Notícia

Notícia

Prefeitura emite mais carnês do IPTU e arrecadação prevista é de R$ 48,7 milhões

Compartilhar:
13 de jan de 2020 Fazenda
Imagem Prefeitura emite mais carnês do IPTU e arrecadação prevista é de R$ 48,7 milhões
Prefeitura emite mais carnês do IPTU e arrecadação prevista é de R$ 48,7 milhões

O número de carnês emitidos pela Secretaria Municipal da Fazenda para pagamento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) de Umuarama aumentou 1,88% em relação ao exercício anterior e chegou a 64.385 em 2020. Destes, 39.066 destinam-se a imóveis prediais e 25.319 para territoriais (terrenos sem edificações). A previsão de arrecadação com o tributo neste ano é de R$ 48 milhões 755 mil.

Os números foram divulgados nesta segunda-feira, 13, pelo secretário da Fazenda, Marcos Navarro. Ele explica que o volume da arrecadação com o IPTU é de R$ 24 milhões 980 mil. Ao valor, somam-se as receitas como a coleta de lixo (R$ 12 milhões 233 mil) e com a contribuição de iluminação pública (R$ 1 milhão 540 mil) cobrada em terrenos sem edificações – nos imóveis prediais, a cobrança é feita com a conta de energia elétrica, mensalmente.

O secretário Marcos Navarro destaca que neste ano o contribuinte teve um reajuste bem abaixo da inflação, que ficou em 4,31%. “Os carnês do IPTU em 2020 tiveram correção de apenas 2,95%, o que ajuda um pouco o contribuinte neste início de ano, quando muitos têm gastos adicionais com imposto de veículos (IPVA), seguro e material escolar”, lembrou.

No comparativo com o valor global do ano passado, a previsão de receita do IPTU 2020 teve um aumento de 6,57%. Descontada a inflação, o crescimento real será de 3,62%, que representa o aumento no número de imóveis nos últimos 12 meses – tanto novas construções executadas quanto lotes urbanizados e em loteamentos.

Para o prefeito Celso Pozzobom, a evolução nos números do IPTU é outra mostra do crescimento experimentado por Umuarama. “A cidade experimenta um ótimo ciclo de desenvolvimento. No ano passado a Prefeitura aprovou projetos para 256 mil metros quadrados de construções – o maior volume desde 2015 –, com a média mensal de 21,3 mil m² de construções liberadas. Agora o IPTU mostra que aumentou também o número de lotes e novas edificações, ou seja, estamos no caminho certo”, disse.

O prefeito destaca que o atual exercício com o anterior, houve um aumento de 1.189 carnês do IPTU, que representam novos imóveis (744) e terrenos prontos para edificações (445). “Com as obras estruturais que estamos realizando, duplicações dos acessos, novas unidades de saúde, reformas nas escolas e centros de educação infantil, mais galerias pluviais e recapeamento asfáltico, vamos atrair os olhos de mais investidores para Umuarama. Com novas indústrias – como a Plusval, na antiga Averama –, estabelecimentos comerciais e empregos, a cidade só pode crescer ainda mais”, apontou Pozzobom.